X

Notícias

9 dicas para manter a coluna jovem e saudável por mais tempo possível

Lazer
-
29/12/2017 17:14

Cuidados

Foto: Ilustração Fabiosa
Legenda da foto

Antigamente os problemas na coluna começavam perto dos 50 anos, mas hoje em dia a situação mudou. Muitas pessoas sofrem de problemas na coluna bem antes. É bico de papagaio, hérnia de disco, artrose… Essas doenças provocam dores intensas nas costas e realmente a idade é a principal culpada, pois são alterações degenerativas próprias do envelhecimento.

Por isso, os cuidados com a coluna cervical precisam começar o mais rápido possível  para aliviar o peso nas costas e preparar a coluna para idade mais avançada. Confira em seguida 9 dicas para conseguir fazer isso:

  1. Cuidar da postura

O primeiro passo é cuidar da postura sempre, distribuindo o peso e alinhamento do corpo quando estiver em pé. Saiba, por exemplo, que os sapatos de salto alto jogam o quadril para trás — coisa que pode ser prejudicial a longo prazo. Mas o pior de tudo é o tempo que passamos sentados. O correto seria deixar a lombar apoiada no assento, com ângulos de 90 graus nas articulações do quadrile do joelho e os pés apoiados no chão.

  1. Se movimentar mais

A última coisa que a coluna precisa é ficar parada. O que acontece é que o disco que fica entre as vértebras precisa de movimentação para se manter hidratado. Se você passa o dia trabalhando no computador, levante e estique o esqueleto periodicamente. Não estamos falando necessariamente de ginástica laboral. Levantar de vez em quando, alongar o corpo, andar um pouco já ajuda muito.

  1. Manter a postura correta ao usar o computador

Quando você está no computador, saiba que o monitor precisa estar na altura dos seus olhos. Isso é importante, pois se você estiver mantendo a cabeça inclinada para baixo — vai causar uma sobrecarga para coluna e, consequentemente, uma dor cervical. E a última é capaz de estragar a vida de qualquer um.

  1. Prestar atenção nas dores

Prestar atenção nas dores é até mais importante do que o próprio diagnóstico. Muitos atletas profissionais de tênis, por exemplo, sofrem de artrose na coluna mas não sentem dor nenhuma. Daí a importância de praticar os esportes. Além do mais, as costas sedentárias correm o risco maior de sofrer uma dor de origem desconhecida, chamada de dor idiopática. Quase nunca é um problema específico, mas causas múltiplas.

O principal problema relacionado à coluna é a Hérnia de Disco

  1. Cuidar das doenças crônicas

Duas doenças que mais prejudicam as pessoas no Brasil são diabetes e hipertensão. Infelizmente, o estrago causado por elas afeta as costas também. Se o organismo estiver saudável, com a pressão e a glicose controlada, o envelhecimento não causará tantos problemas, inclusive para a coluna.

  1. Tomar cuidado na hora de pegar algo

 

Quando alguma coisa cai e vamos pegá-la, é preciso ter muito cuidado! O jeito correto de fazer isso é dobrando as pernas e usando as coxas para sustentar o movimento. Esse procedimento ajuda a preservar a coluna.

  1. Dormir corretamente

As pessoas costumam acreditar que os colchões mais caros são os melhores, ou então aqueles colchões ortopédicos muito rígidos. Mas isso não sempre condiz com a realidade. Se a pessoa não tiver excesso de peso, ela precisa de colchão que respeite a curvatura do seu corpo. Caso você esteja sentindo muito incômodo ao acordar, isso significa que você precisa rever a forma e o lugar de dormir. Falando de postura, o ideal é dormir de lado com a cabeça e pescoço apoiados no travesseiro e alinhados com o corpo. Ombro e pernas precisam estar retos. Inclusive, é recomendado usar mais de uma almofada: no meio das pernas e apoiando o braço se a pessoa dorme de lado.

  1. Ficar de olho nos músculos

 

A musculatura da coluna é muito específica. A partir dos 40 anos, começa a perda de massa muscular e mudanças no metabolismo. Como resultado, o risco de quedas e até mesmo de morte aumenta. As pessoas que praticam esportes e têm uma boa alimentação conseguem recuperar uma parte dessa perda. A musculação pode ser uma ótima ideia

  1. Praticar esportes

Na hora de escolher o exercício adequando, combine as atividades aeróbicas com as que fortalecem a musculatura do dorso. Essa combinação vai ajudar a prevenir o desgaste prematuro da coluna. Caminhadas, yoga, pilates, musculação aliviam as dores e fortalecem a região posterior do corpo. Mas opte sempre por algo que lhe dá prazer antes de qualquer coisa. Os exercícios precisam durar no mínimo 30 minutos por dia e acontecer 5 vezes por semana.

Fonte: Fabiosa Diariamente