X

Notícias

Beltronenses são presos em flagrante por tráfico internacional de armas, em Barracão

Notícias, Policial, Vídeos
-
15/10/2016 12:42

Os quatro foram presos na manhã deste sábado, no trevo de acesso ao município

Legenda da foto

Quatro homens, dois deles menores de idade, naturais de Francisco Beltrão e que já teriam várias passagens pela polícia foram presos na manhã deste sábado, 15, em Barracão.

A equipe da Polícia Militar chegou até os suspeitos após receber informações de que quatro homens em um Spacefox branco teriam adquirido armas no pais vizinho, vindo a adentrar ao Brasil por um passo clandestino.

Após receber a denúncia as equipes da PMSC e PMPR, iniciaram as buscas e barreiras pelas cidades e nos acessos. Sendo que a equipe de policiais militares barraconenses lograram êxito na localização e abordagem dos meliantes, no trevo de acesso à Barracão, nas proximidades do auto posto Rafaela.

Realizada abordagem e identificação dos suspeitos como sendo, dois maiores, um de 47 e outro de 24 anos, e ainda dois menores de 16 anos, durante as buscas foi localizado, dentro da cueca do homem de 47 anos, uma caixa de munições 9mm de uso exclusivo das forças armadas, no interior do veículo foi localizada ainda uma segunda caixa, desta vez de munições calibre .32.

Diante dos fatos e da denúncia o veículo passou por uma busca minuciosa, no entanto e até o momento da divulgação desta reportagem as possíveis armas de fogo, não foram localizadas.

Há informações de que um dos suspeitos teria envolvimento com o tráfico, tendo passagens por furto, roubo, tráfico e tentativa de homicídio. Um segundo envolvido tem passagens por furto e homicídio.

Segundo a equipe da PM após os procedimentos no pelotão, e por se tratar de um crime internacional, os suspeitos juntamente com as munições apreendidas serão encaminhados à Delegacia de Polícia Federal.

Vale destacar que a apreensão e prisão dos suspeitos só foi possível, tendo em vista a atuação conjunta das equipes de forças de segurança da tri-fronteira, com o apoio da população.

Fronteira Online