X

Notícias

Campanha de líder, maior série invicta e “paz”: as metas de Guto contra o Boa

Esportes, Nacional
-
29/06/2017 12:00

Treinador chegará a 66,6% de aproveitamento – número idêntico ao do Juventude – em caso de triunfo no sábado; Colorado mira maior invencibilidade do ano, com 9 jogos

Guto pode chegar a aproveitamento de líder da Séruie B pelo Inter (Foto: Ricardo Duarte / Inter, DVG)
Legenda da foto

Guto Ferreira aproveita toda a estrutura e privacidade possíveis do refúgio colorado em Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre, para conduzir em meio à calmaria sua primeira e tão esperada semana livre apenas para treinamentos no Inter. No local, o treinador se distancia do ambiente de cobranças por parte da torcida para ajustar sua equipe em busca de um triunfo capaz de minimizar a pressão que encara já nos primeiros dias de trabalho. E graças ao retrospecto no cargo. Se vencer o Boa Esporte no próximo sábado, às 16h30, no Beira-Rio, o técnico igualará o aproveitamento do Juventude, líder da Série B, e verá o Colorado encarreirar sua maior série invicta em 2017.

Até porque o comandante ostenta um cartel de sete jogos com invencibilidade no comando do Inter, mesmo que tenha vivenciado dois protestos de torcedores por tropeços em casa – um cenário que deve ser revertido em caso de triunfo. Guto Ferreira tem três vitórias e quatro empates pelo clube, com 61,9% de aproveitamento até aqui.

Com uma vitória neste sábado, o comandante amplia seu retrospecto para 66,6% dos pontos somados. Um número idêntico ao do Juventude, atual líder da Série B, com 22 pontos e 66,7% de aproveitamento em 11 jogos. Um resultado positivo, aliás, consolida a equipe no G-4 da competição. Atualmente, o Colorado soma 17 pontos e figura em quarto, com um total de 56,7% de aproveitamento.

Um resultado positivo diante do Boa Esporte também pode fazer o Inter igualar outra marca da temporada, que vai além da presença de Guto Ferreira à beira do campo. Basta não perder, para chegar a nove jogos consecutivos de invencibilidade em 2017. O Colorado não perde desde o 1 a 0 sofrido diante do Paysandu, no Mangueirão, pela 3ª rodada da Série B, no duelo que culminou com a demissão de Antônio Carlos Zago, em 27 de maio. Ou seja: a equipe está invicta há pouco mais de um mês.

A série de invencibilidade inicia ainda com o interino e auxiliar Odair Hellmann no comando, na vitória por 2 a 1 sobre o Palmeiras, pela Copa do Brasil. Até o momento, são quatro vitórias e quatro empates em oito jogos disputados desde então. A maior sequência invicta da temporada foi alcançada ainda com Antônio Carlos Zago, no começo do ano.

A equipe somou seis vitórias e três empates em nove partidas, entre o 1 a 0 sobre o Fluminense, pela Primeira Liga, no Beira-Rio, e o 4 a 1 diante do Sampaio Corrêa, fora de casa, pela Copa do Brasil. Na partida seguinte, o Colorado foi batido por 1 a 0 pelo Juventude, no Alfredo Jaconi, pelo Campeonato Gaúcho.

Escritas à parte, o Colorado busca um triunfo diante do Boa Esporte até para melhorar o aproveitamento irregular como mandante na Série B. Passados quatro jogos, a equipe tem apenas uma vitória no Beira-Rio, com três empates. O aproveitamento de 50% coloca o Inter com a quinta pior campanha dentro de casa na competição. Não à toa, Guto Ferreira trabalha com foco especial no setor ofensivo, para aprimorar a equipe ao duelar com rivais que atuam retrancados, rotina colorada em Porto Alegre.

– É verdade. Os times vêm ao Beira-Rio, e temos que trabalhar da melhor forma possível para vencer a barreira. É muito difícil encontrar espaço. Essa semana tem sido muito importante. Os jogos contra o Paraná, eles vieram muito fechados, com intensidade muito alta. Às vezes, não é quem está com a bola. Quando o time está fechado, a gente precisa movimentar para outro jogador. É ver o que a gente precisa fazer para vencer essa barreira – avalia Eduardo Sasha.

O Inter encerra seu refúgio em Viamão com uma última atividade nesta quinta-feira. Depois, na sexta, ainda treina em Porto Alegre, com portões fechados no Beira-Rio, para finalizar a semana livre para trabalhos com Guto Ferreira. No sábado, o Colorado encara o Boa esporte, no Beira-Rio, às 16h30, pela 11ª rodada da Série B.

GE