X

Notícias

Cássio lembra volta por cima no Corinthians e comemora retorno à Seleção

Esportes, Nacional
-
11/08/2017 11:28
Cássio concedeu entrevista coletiva minutos depois de ser convocado (Foto: Marcelo Braga)
Legenda da foto

Um ano após viver má fase e até mesmo perder a posição de titular do Corinthians, o goleiro Cássio está de volta à Seleção Brasileira. Atravessando um dos melhores momentos da carreira, ele foi convocado para as partidas contra Equador, no dia 31 de agosto, em Porto Alegre, e Colômbia, em 5 de setembro, em Barranquilla, ambas pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

A notícia da convocação foi recebida pelo camisa 12 durante treinamento do Timão, na manhã desta quinta-feira, no CT Joaquim Grava. O observador Mauro da Silva se aproximou do jogador em meio ao treino coletivo e o comunicou. Ao final da atividade, ele recebeu os parabéns dos companheiros, foi cumprimentado pelo técnico Fábio Carille e concedeu entrevista coletiva, na qual celebrou a conquista e exaltou a volta por cima que deu neste ano.

– Quando a gente cai, tem que se levantar rapidamente, fazer uma auto-crítica do que melhorar, o que deixar de lado, qual seu objetivo. Desde o ano passado conversei muito com minha família e minha esposa sobre o que almejava. Coloquei na balança o que ia me acrescentar e o que não ia ajudar. Fui feliz nessa escolha, abri mão de coisas que não me ajudavam. Meu crescimento foi nítido – declarou.

A última convocação de Cássio tinha sido em outubro de 2015, com Dunga, que o levou para os jogos contra Argentina e Peru, pelas Eliminatórias. Agora, ele reencontrará Tite, com quem conquistou importantes títulos pelo Corinthians.

– Vou aproveitar para mostrar meu trabalho na Seleção, me dedicar nos treinamentos, fazer o meu máximo. O Tite me conhece, trabalhou comigo, sabe o que posso render. Estarei representando a Seleção. Mas agora vou me preocupar em dar meu máximo no Corinthians, e depois quando estiver lá representar bem a Seleção. Quero deixar uma boa impressão e futuramente voltar a ser lembrado – comentou o arqueiro, que não desfalcará o Timão por conta da convocação, já que o Campeonato Brasileiro será interrompido.

Cássio convivia há algumas semanas com a expectativa de ser convocado para a Seleção. Além de estar jogando muito bem e não ter sofrido gols em 29 dos 50 duelos que disputou, o goleiro foi observado de perto por Taffarel, preparador de goleiros da comissão técnica de Tite.

Vanderlei, do Santos, era apontado como o principal concorrente de Cássio e acabou ficando fora da lista. O goleiro corintiano evitou falar sobre o rival:

– É difícil responder, até porque quem tem que falar é o Tite. O Vanderlei é um grande goleiro, assim como outros que não foram chamados. É difícil falar de outro atleta, até porque a gente não acompanha o dia a dia de trabalho dele.

Além de Cássio, o Corinthians teve o lateral-direito Fagner convocado por Tite. Guilherme Arana, Rodriguinho e Jô também eram cotados, mas ficaram fora da lista.

GE