X

Notícias

Chape confirma repasse de R$570 mil para famílias e fecha acordo mensal com associação

Esportes, Nacional
-
31/10/2017 15:33

Além de repassar valor recebido por participação na Copa Suruga, clube assina convênio com Abravic de R$28.800,00 por mês para projetos sociais destinados aos familiares

Familiares receberão novo repasse (Foto: Reuters)
Legenda da foto

A Chapecoense deu mais dois passos no auxílio aos familiares das vítimas da tragédia aérea de novembro do ano passado. O clube confirmou para o início de novembro um novo repasse dos valores arrecadados na viagem internacional, que no montante soma R$570.934,69. Além disso, firmou um convênio transferir R$28.800,00 por mês para a Associação Brasileira das Vítimas do Acidente com a Chapecoense, a Abravic.

O novo repasse para as famílias das vítimas brasileiras da tragédia aérea está confirmado para o dia 3 de novembro. O valor é referente à participação do clube na Copa Suruga, em agosto, no Japão.

Ao todo, a Chape irá repassar o total de R$570.934,69 referente à participação na competição. Cada uma das famílias das 68 vítimas brasileiras da tragédia irá receber o montante de R$ 7.724,41. Do valor total recebido pela Chapecoense, foram retiradas despesas da viagem, uma parcela destinada à manutenção do clube e também duas vezes o imposto de transmissão causa mortis e doação, ITCMD.

No início de outubro o clube já havia repassado cerca de R$813.827,10 referente à premiação na Copa Suruga, jogo contra o Barcelona, doações da J-League e amistoso contra a Roma. O valor recebido por cada família na época foi de R$11.010,60.

O acordo assinado entre Chapecoense e Abravic está dentro de uma campanha específica para clubes de futebol realizada pela associação. Os valores repassados mensalmente serão utilizados para a realização de programas de assistência social aos familiares das vítimas, com maior ênfase para os serviços de saúde.

– Após um longo período de aproximação, negociação franca e transparente, além da conquista de confiança, de parte a parte, a Chapecoense abraçou nossa causa e aderiu ao Projeto 13° Jogador, possibilitando a prestação de assistência social de forma mais efetiva e consistente às famílias das vítimas que mais necessitam de ajuda – disse o presidente da Abravic, Gabriel Cordeiro.

O convênio tem validade de um ano, até o final de outubro de 2018, mas pode ser renovado no final do período.

GE