X

Notícias

Chapecoense abre 2 a 0, mas sofre o empate do São Paulo no Morumbi

Esportes, Nacional
-
31/07/2016 19:54
Legenda da foto

Partida terminou em 2 a 2; gols do time de SC foram marcados por Kempes e Willian Thiego

Era para ter sido um domingo perfeito para a Chapecoense. O Verdão do Oeste vencia o São Paulo por 2 a 0, até os 40 minutos do segundo tempo, mas sofreu o golpe ao ter um pênalti marcado no final da partida. Depois dos gols de Kempes e Willian Thiego, o Tricolor pressionou, contou com o apoio dos quase 55 mil torcedores e conseguiu igualar o marcador, com dois tentos de Cueva. Depois do empate, Bruno Rangel e Hyoran ainda tiveram chance de virar o jogo, mas o time catarinense deixou a capital paulista com um ponto na bagagem.

Com o empate, a Chape chega aos 23 pontos, na 11ª posição na tabela de classificação da Série A. O resultado garantiu a escrita: desde que se enfrentaram pela primeira vez, em 2014, a Chape não perdeu para o adversário paulista em seus domínios. Em três jogos, uma vitória e dois empates. O time do Oeste volta a jogar na quinta-feira, às 21h30min, contra o Palmeiras. O jogo será na Arena Condá. O Tricolor paulista, no mesmo dia, às 19h30min, recebe o Atlético-MG.

A Chapecoense começou solta em campo e não demorou a abrir o placar. Logo aos cinco minutos, Kempes fez 1 a 0. Martinuccio cruzou na medida para o atacante mandar de cabeça para o fundo das redes, sem chance de defesa para o goleiro Denis. Mal teve tempo de se recuperar do primeiro revés, o São Paulo levou o segundo golpe. Willian Thiego, também de cabeça, testou para ampliar no Morumbi. Cleber Santana cobrou falta na área, o zagueiro subiu mais do que Maicon, desviou de cabeça e ampliou a vantagem dos catarinenses.

Depois de sofrer os gols, o São Paulo começou a pressão e cresceu na partida. O Tricolor chegava a todo o momento ao campo de ataque, mas não finalizava de forma efetiva. E quando o chute era bom, lá estava Danilo para fechar o gol do Verdão.

O Tricolor voltou para o segundo tempo da mesma forma que terminou o primeiro: pressionando. Logo aos 8 minutos, Centurión chutou forte no centro do gol, mas, novamente, Danilo estava bem postado para fazer a defesa. Aos 15, a pressão tricolor surtiu efeito. Cueva aproveitou uma boa jogada individual de Centurión para estufar as redes de perna esquerda. O time da casa tinha pressa e foi para cima dos visitantes até o final da partida quando Josimar tocou na bola com os braços dentro da área. Pênalti. Cueva, novamente, cobrou a igualou o marcador.

– Tínhamos o 2 a 0, mas essa pressão é natural. Fizemos uma excelente partida, tomamos o segundo gol, tivemos chance de matar a partida, mas o ponto aqui é de se comemorar – disse o atacante Kempes, autor do primeiro gol do Verdão.

DC/ Fronteira Online