X

Notícias

Chapecoense fica no 0 a 0 com o Atlético-PR pela 31ª rodada do Brasileirão

Esportes, Nacional
-
29/10/2017 07:33

Com o resultado, o Verdão do Oeste foi a 39 pontos e ocupa, pelo menos até o fechamento da rodada neste domingo, a 12ª posição

Foto: Geraldo Bubniak / Estadão Conteúdo
Legenda da foto

A Chapecoense foi a Curitiba para enfrentar o Atlético-PR e tentar dar início à missão de repetir a boa reta final do primeiro turno, mas ficou no 0 a 0 e não conseguiu se distanciar ainda mais da zona de rebaixamento. Com o resultado, o Verdão do Oeste foi a 39 pontos e ocupa, pelo menos até o fechamento da rodada neste domingo, a 12ª posição na classificação. Já o Atlético soma 42 pontos e terminou o sábado na 9ª posição na tabela.

Na próxima rodada, a Chapecoense recebe o Sport na Arena Condá, às 17h do próximo domingo, dia 5 de novembro. Já o Atlético-PR visita o Cruzeiro no Mineirão, no mesmo dia e horário.

Pressão do Furacão, chance da Chape

O primeiro tempo teve amplo domínio do Atlético, que pressionou e teve mais de 70% da posse de bola. Concentrado no toque de bola, porém, o Furacão não conseguiu ser efetivo nos ataques e ameaçou pouco o gol da Chapecoense.

Mas a grande chance da etapa inicial foi do Verdão do Oeste. Aos 15 minutos,  após confusão na área depois de cobrança de escanteio, Wellington Paulista finalizou no susto e Thiago Heleno tirou em cima da linha.

Fora isso, o Atlético usou bastante a jogada aérea, com 15 cruzamentos na área catarinense, mas nenhum deles teve sucesso.

Mais pressão

Na etapa final, o Atlético voltou a campo disposto a tirar o zero do placar e, em poucos minutos, ameaçou mais a Chape do que em todo o primeiro tempo. Aos nove, Nikão recebeu na área e bateu de voleio, para boa defesa de Jandrei. Aos 12, Sidcley cruzou da direita, Wanderson tocou de cabeça e Jandrei fez outra ótima defesa, à queima-roupa. No rebote, Thiago Heleno, pego de surpresa, não conseguiu dominar e saiu com a bola pela linha de fundo.

Depois desses lances, a partida voltou a ficar parecida com os 45 minutos iniciais, com Atlético dominando, mas ameaçando pouco efetivamente e a Chape arriscando alguns ataques, mas também sem grande perigo.

O finzinho do jogo ainda teve emoção. Aos 46, João Pedro recebeu em velocidade, limpou a marcação e ficou cara a cara com Weverton, mas acabou desarmado pelo goleiro atleticano. E o zero acabou mesmo ficando dos dois lados do placar.

DC