X

Notícias

Conmebol rejeita recurso do Boca que pedia o título da Libertadores

Esportes
-
07/12/2018 09:15

O resultado do recurso do River, que protestava contra a mudança de sede, ainda será divulgado

— Foto: Reprodução
Legenda da foto

A Câmara de Apelações da Conmebol anunciou nesta quinta-feira que rejeitou o recurso protocolado na semana passada pelo Boca Juniors – no qual o clube argentino pedia o título da Libertadores. O time xeneize tinha entrado com uma apelação contra a decisão do tribunal de disciplina da entidade de remarcar a decisão continental para Madri, mas acabou derrotado nos bastidores. O resultado do recurso do River, que protestava contra a mudança de sede, ainda será divulgado.

– A Câmara de Apelações da Conmebol resolve rejeitar a apelação apresentada pelo Boca Juniors em 30 de novembro de 2018 contra a decisão emitida pelo Tribunal Disciplinar da Conmebol em 29 de novembro de 2018 no processo O-212-18. E, consequentemente, confirmar em todos os seus termos a decisão do Tribunal Disciplinar da Conmebol, datada de 29 de novembro de 2018, no expediente O-212-18 – diz a nota da Conmebol, em referência a decisão de manter a decisão da Libertadores.

O Boca entrou com um recurso assim que o Tribunal de Disciplina da Conmebol negou o pedido para ser declarado campeão da Libertadores sem disputar o jogo de volta. O clube pedia os pontos da partida contra o River Plate, que deveria ter sido disputado no mês passado em Buenos Aires, mas foi suspenso – e remarcado para Madrid – por causa das cenas de violência ocorridas no entorno do estádio Monumental de Núñez.

No mesmo dia, o Tribunal de Disciplina decidiu multar o River Plate em US$ 400 mil (cerca de R$ 1,5 milhão) e punir o clube com dois jogos como mandante com portões fechados em 2019, além de tirar o direito do clube de decidir a Libertadores com a sua torcida no Monumental e ter que disputar a final em campo neutro.

O River foi punido porque seus torcedores apedrejaram o ônibus que levava a delegação do Boca ao estádio Monumental de Núñez no último sábado, quando deveria ter sido realizada a partida de volta da final da Libertadores – o jogo de ida, na Bombonera, terminou empatado em 2 a 2.

As duas decisões ainda abiram caminho para a Conmebol anunciar oficialmente que a segunda partida da final da Libertadores será disputada no estádio Santiago Bernabéu, em Madri, no dia 9 de dezembro, às 17h30 (do horário de Brasília).

Globo Esporte