X

Notícias

Corinthians vence e aumenta vantagem sobre o Palmeiras em 2018

Esportes
-
14/05/2018 11:23

Palmeirenses mandaram três bolas na trave de Cássio no clássico

Foto: Daniel Augusto Jr/ Ag. Corinthians
Legenda da foto

O clássico entre Corinthians neste domingo, 13, foi como tem de ser. Brigado e tenso, mas jogado e leal, sem confusões como os últimos dérbis entre as equipes. E deu Corinthians no primeiro confronto entre eles no Campeonato Brasileiro, 1 a 0 gol de Rodriguinho, em Itaquera, aumentando a vantagem sobre o rival na temporada e igualando a série histórica do confronto.

Em quatro jogos até aqui em 2018, o time alvinegro venceu três partidas e também conquistou o Campeonato Paulista diante do Palmeiras, que soma apenas uma vitória no ano.

Ainda, o Corinthians igualou a série histórica do dérbi. Agora são 126 vitórias para cada lado.

Há a possibilidade de que as equipes se encontrem mais cinco vezes na temporada. Além do returno do Brasileiro, este já certo no calendário, Corinthians e Palmeiras ainda poderão se encontrar duas vezes pela Libertadores e mais duas pela Copa do Brasil.

O primeiro tempo foi nervoso, mas sem o nível de tensão visto nos clássicos de 2018. Em um lance envolvendo Borja e Henrique, o colombiano empurrou o zagueiro. Na queda, o defensor corintiano aproveitou para deixar o pé no peito do centroavante, mas sem reações exacerbadas dos palmeirenses.

Por muito menos, jogadores das duas equipes iniciaram uma enorme confusão no primeiro jogo da final do Paulista, após lance envolvendo os mesmos Borja e Henrique.

No início da partida, o Palmeiras teve ótima chance de abrir o placar com Thiago Santos.

O volante recebeu na pequena área, de frente para o goleiro Cássio, mas mandou na trave. E como em jogos como este mesmo os menores erros não são perdoados, o Corinthians castigou o rival logo na sequência.

Pedrinho, que vem ganhando oportunidades como titular na equipe, passou por Bruno Henrique e Thiago Santos antes de entregar para Jadson. O meia esperou a ultrapassagem de Maycon, que recebeu pela esquerda da área e bateu cruzado. Jailson espalmou no pé de Rodriguinho, que usou neste domingo camisa com o nome de Casagrande e, ao melhor estilo centroavante, se posicionou bem para marcar.

Com o gol, o camisa 26 foi a quatro gols no Brasileiro (10 na temporada) e aumentou sua marca na artilharia da equipe alvinegra.

No retorno do intervalo, o Palmeiras veio em busca do empate e chegou próximo de igualar o placar. Bruno Henrique arriscou de fora e a bola pegou no cantinho da trave antes de sair para a linha de fundo.

A necessidade de buscar o resultado, contudo, não se traduziu em melhora no jogo do Palmeiras. O time mostrou muitas dificuldades para fazer a saída de bola com qualidade, algo que o técnico Roger Machado preza no estilo de jogo do time, o que impediu a equipe de construir o jogo na busca pelo empate.

Rodriguinho ainda teve chance de marcar novamente e matar a partida, mas parou nas mãos de Jailson, que salvou o Palmeiras cara a cara com o artilheiro corintiano.

Já nos últimos minutos de jogo, a trave foi amiga do Corinthians mais uma vez. Antônio Carlos cabeceou cruzamento que veio da esquerda e acertou o poste, a terceira bola na trave do Palmeiras no jogo. A terceira em que o torcedor corintiano suspirou, para depois comemorar aliviado mais uma vitória sobre o rival no ano.

Folha de São Paulo