X

Notícias

Delegado que trabalhou em comarcas da região morre aos 38 anos

Policial
-
03/11/2018 13:58

Márcio Marcelino, 38 anos, faleceu nesta sexta-feira, 02, na UTI do Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí

— Foto: Reprodução
Legenda da foto

O delegado Márcio Marcelino, 38 anos, que já atuou nas comarcas de Chapecó, São Carlos, Coronel Freiras, Fraiburgo, Penha/Piçarras entre outras, acabou falecendo no início da noite de sexta-feira, 02, na UTI do Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí.

A causa da morte teria sido uma pneumonia, a qual evoluiu para um quadro mais grave. O delegado teria sido diagnosticado no último domingo, 28. Ele foi hospitalizado, mas o quadro clínico piorou no decorrer da semana e faleceu no início da noite de sexta.

Em Chapecó, o delegado esteve à frente da investigação de vários casos, entre eles o assassinato de duas pessoas na saída de uma casa de shows em 2016, além de estupros, extorsões e outros crimes.

Ele está sendo velado em Balneário de Piçarras das 7 às 11h deste sábado. Em seguida, o corpo será levado para a cidade de São Miguel do Iguaçu/PR, onde será sepultado.

Nota da Polícia Civil

A 13a Delegacia Regional de Polícia Civil de Fronteira de São Miguel do Oeste, com muita tristeza informa a morte prematura do Delegado de Policia Civil, Dr. Márcio Leandro Marcelino, de 38 anos de idade, ocorrida na noite de 02 de novembro de 2018 na cidade de Itajaí.

O Dr. Márcio durante sua trajetória profissional teve passagens destacadas no combate à criminalidade nas cidades de Chapecó, Penha e Fraiburgo. Atualmente trabalhava na cidade de Piçarras.

A Polícia Civil perde um excelente profissional e um ótimo ser humano e perde também a sociedade catarinense!

Que Deus possa confortar a família enlutada e também amigos e colegas policiais pela perda do Delegado de Polícia Civil do Estado de Santa Catarina!

R Peperi/ Fronteira Online