X

Notícias

Divulgado retrato falado de suspeito de ter assassinado casal de brasileiros na Argentina

Policial
-
18/10/2018 14:27

Corpo das vítimas foram encontradas pelo filho na noite de terça-feira. Policiais argentinos e brasileiros trabalham de forma conjunta para tentar identificar o suspeito

Foto: Reprodução/ Facebook
Legenda da foto

Desde a noite de terça-feira, 16, policiais argentinos e brasileiros trabalham de forma conjunta no intuito de identificar e localizar o autor do homicídio ocorrido no município de Pozo Azul há cerca de 70 km da fronteira, e que vitimou o casal Hélio Pereira de Mattos e Inês Lima dos Santos Mattos.

Hélio era policial da Reserva Remunerada de SC, ele e a esposa teriam adquirido há pouco mais de um ano, uma chácara naquele município, para onde teriam ido passar o final de semana. O homem tinha uma consulta marcada para segunda-feira, mas não retornou para sua casa em Barracão, o que motivou a desconfiança do filho que se deslocou até a referida propriedade, onde acabou encontrando os pais mortos.

Nossa equipe está em constante contato com as equipes policiais que realizam a investigação, no entanto, são poucas as informações divulgadas.

Segundo o que podemos apurar são trabalhadas pelo menos três linhas de investigações, latrocínio (roubo seguido de morte), vingança, ou ainda o fato da vítima ter em sua propriedade galos de rinha.

Ainda de acordo com as informações, o crime teria ocorrido entre a noite de sexta-feira e sábado. Os corpos foram encontrados no quarto principal, encobertos com partes de um colchão.

Vizinhos da propriedade das vítimas contaram que o casal era muito querido pelos moradores das redondezas, que ao que tudo indicava não tinham inimigos, não no local.

Os vizinhos contaram também que na sexta-feira, um homem moreno, alto, de porte forte, e que falava somente em português esteve na casa das vítimas. Uma vizinha contou que durante o sábado o homem ainda se encontrava na residência do casal, mas logo desapareceu, e assim como ele, a camionete das vítimas.

Vale lembrar que a camionete das vítimas foi encontrada no início a tarde de terça, há pouco mais de 40 quilômetros do local do crime, na comunidade de Dos Hermanas, também na Argentina.

As mortes

Segundo a análise preliminar da cena do crime, as vítimas teriam sido mortas na cozinha da casa e arrastadas até o quarto, onde foram cobertas por um colchão. O homem apresentava ferimentos por arma branca, um ferimento na cabeça e sinais de asfixia, enquanto que a mulher apresentava um ferimento por arma de fogo na cabeça.

Acredita-se que Hélio teria sido assassinado primeiro, e logo depois sua esposa, o crime de pelo menos um deles teria ocorrido na cozinha, sendo que o corpo foi arrastado até o quarto.

Os peritos realizaram na quarta-feira, uma revista completa na casa, sendo que não foi constatado a falta de nenhum objeto de valor do interior da residência, o único que estaria faltando segundo familiares da vítima, seria uma arma de fogo.

As investigações continuam sendo que um retrato falado baseado nas informações repassadas pelos vizinhos foi confeccionado e divulgado. Caso você reconheça o suspeito deverá entrar em contato com a polícia mais próxima.

Fronteira Online com informações El Territorio