X

Notícias

Duas câmaras da região gastam mais que a arrecadação dos próprios municípios

Notícias, Política
-
24/10/2017 12:24

Dos 295 municípios catarinenses, ao menos 16 gastam mais com as câmaras de vereadores do que a própria arrecadação

Foto: Reprodução/ Belmonte
Legenda da foto

Um estudo nacional feito pelo Sebrae e pela Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil e divulgado nesta segunda-feira, 23, apontou que dos 295 municípios catarinenses, ao menos 16 gastam mais com as câmaras de vereadores do que a própria arrecadação.

Na região Extremo Oeste os municípios que registram esse problema são Bandeirante e Belmonte, os quais juntos, gastam mais de R$ 1 milhão com o legislativo, sendo que suas receitas são inferiores aos R$ 900 mil.

A reportagem da Peperi contatou os presidentes dos dois legislativos, Marciano Perassoli de Bandeirante e Antônio Mallmann de Belmonte, além do prefeito de Bandeirante, Celso Biegelmeier.

Antônio Mallmann disse que não iria comentar os gastos pois os dados são do ano de 2016, época em que ele não respondia pelo legislativo.

Já Marciano Perassoli disse que iria se reunir com a administração de Bandeirante para analisar os números divulgados e posteriormente iria se pronunciar.

Por sua vez, Celso Biegelmeier disse que o valor repassado aos vereadores é o necessário para que desempenhem sua função e que os números são maiores devido à planta genérica do município, a qual está desatualizada e não corresponde com a realidade de Bandeirante.

R Peperi/ Fronteira Online