X

Notícias

É #FAKE texto que diz que nova dipirona importada da Venezuela contém vírus mortal

Saúde, Saúde
-
09/11/2018 11:04

Mensagem tem se espalhado na web. Anvisa esclarece que texto que circula em aplicativos de mensagem e redes sociais é falso

Foto : G1
Legenda da foto

Uma mensagem que circula nas redes sociais e no WhatsApp afirma que o medicamento dipirona está sendo importado da Venezuela com o vírus Marburg, que causa febre hemorrágica e pertence à mesma família do Ebola, segundo a organização Médicos Sem Fronteiras. Isso é #FAKE.

O boato, que circulou com força no meio do ano, voltou a bombar em novembro. Agora, com uma versão em áudio, também falsa.

“Notícia importante. Vírus contido em medicamento importado da Venezuela para o Brasil. Rádio Nacional de Venezuela. Aviso urgente. Cuidado, não tomem o novo dipirona que vem escrito S/500. É um novo dipirona importado da Venezuela muito branco e brilhante. Os médicos provam que contém vírus Marburg, considerado um dos vírus mais perigosos d É #FAKE texto que diz que nova dipirona importada da Venezuela contém vírus mortal

Mensagem tem se espalhado na web. Anvisa esclarece que texto que circula em aplicativos de mensagem e redes sociais é falso.

 Uma mensagem que circula nas redes sociais e no WhatsApp afirma que o medicamento dipirona está sendo importado da Venezuela com o vírus Marburg, que causa febre hemorrágica e pertence à mesma família do Ebola, segundo a organização Médicos Sem Fronteiras. Isso é #FAKE.

O boato, que circulou com força no meio do ano, voltou a bombar em novembro. Agora, com uma versão em áudio, também falsa.

Veja a transcrição do áudio falso:

“Notícia importante. Vírus contido em medicamento importado da Venezuela para o Brasil. Rádio Nacional de Venezuela. Aviso urgente. Cuidado, não tomem o novo dipirona que vem escrito S/500. É um novo dipirona importado da Venezuela muito branco e brilhante. Os médicos provam que contém vírus Marburg, considerado um dos vírus mais perigosos do mundo e com alta taxa de mortalidade. Alerte sua família e seus amigos. Por favor, partilhe essa mensagem para todas as pessoas e familiares e salve vidas das mesmas. Eu fiz a minha parte e agora é a sua vez. Lembre-se de que Deus ajuda quem ajuda aos outros. Fiquem atentos, irmãos. Repassem.”

Veja o que diz a Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) esclarece que não há informações sobre a importação de dipirona da Venezuela nem dados sobre produtos que contenham vírus na cápsula ou embalagem, como relata a corrente. Também explica que medicamentos vendidos no Brasil e que possuem registro na agência têm “eficácia e segurança avaliadas antes da entrada no mercado”.

o mundo e com alta taxa de mortalidade. Alerte sua família e seus amigos. Por favor, partilhe essa mensagem para todas as pessoas e familiares e salve vidas das mesmas. Eu fiz a minha parte e agora é a sua vez. Lembre-se de que Deus ajuda quem ajuda aos outros. Fiquem atentos, irmãos. Repassem.