X

Notícias

Em bilhete para escola, mãe pede que não prendam cabelo Black Power da filha

Educação, Notícias
-
16/03/2018 15:01

“Na escola da minha filha mesmo liso, crespo, enrolado ou até Black Power devem estar presos para que não peguem e não passem piolho''

FOTO: REPRODUÇÃO
Legenda da foto

Cabelo

Um bilhete enviado para a escola por uma mãe bombou no Facebook nesta quarta-feira, 14, e está dividindo opiniões. No recado escrito à mão, me uma folha de caderno, ela pede para que a professora não prenda o cabelo da filha, que é black power. Diz, ainda, que quando quiser que a menina esteja com o cabelo preso, ela própria o faria, da forma correta. A identidade de Bia foi preservada.

O post do Catraca Livre, no Facebook está com quase 2 mil curtidas e mais de 160 compartilhamentos até este momento. O bilhete dividiu opiniões entre os comentários: mães se dividiram apoiando e outras sendo contra o conteúdo do recado.

“As pessoas acham mimimi no mínimo tem cabelo liso, ou esticado a força e nunca passou por situação de preconceito ou de padrão imposto pela sociedade. Isso pode ser uma coisa irrelevante mas não é, isso vai refletir em diversas questões na vida da criança”, apoiou uma mulher.

“Na escola da minha filha mesmo liso, crespo, enrolado ou até Black Power devem estar presos para que não peguem e não passem piolho”, criticou outra mulher.

“Já cortaram o cabelo da minha filha na creche. Eu fiquei muito brava, e a professora dela falou que me ouviu falando que iria corta o cabelo dela, por isso achou que eu não ia me ofender de ela cortar”, contou outra mãe.

G1