X

Notícias

Família de catadores de lixo do RS encontra envelope com R$ 8,7 mil e devolve o dinheiro

Entretenimento, Notícias
-
01/11/2018 15:52

Envelope estava em meio a caixas de papelão que tinham sido coletadas em uma empresa do município. Proprietário da quantia agradeceu e disse que o dinheiro seria utilizado para a folha de pagamento dos funcionários

Foto: G1/ Reprodução
Legenda da foto

Uma família de catadores encontrou um envelope no meio do lixo com a quantia de R$ 8,7 mil em Marau, no Norte do Rio Grande do Sul, na manhã de quarta-feira (31). O casal devolveu o valor ao proprietário no mesmo dia.

A catadora Verenice Fioresi achou a quantia em meio a caixas de papelão que ela e o marido, Ivan Mingotti, tinham coletado em uma empresa do município.

“Foi surpreendente para nós, eu estava na cidade fazendo a coleta e a minha mulher estava separando o lixo em casa. Quando eu cheguei, ela me contou. De tarde, fomos para a cidade e devolvemos”, relata Ivan.

O marido gravou um vídeo depois de terem encontrado a quantia (veja acima). O adolescente que aparece nas imagens é o filho do casal, Ruan Mingotti, de 14 anos. O vídeo foi parar nas redes sociais e a história viralizou.

“Eu nem esperava que isso ia acontecer. Em nenhum momento pensamos em ficar com o dinheiro”, afirma Ivan.

Os R$ 8,7 mil estavam em notas de R$ 100, R$ 50, R$ 20 e R$ 10. O proprietário do dinheiro não quis gravar entrevista, mas disse por telefone para a reportagem que se sente muito grato pela atitude. Ele acrescentou que o valor foi parar no lixo por descuido durante o trabalho de limpeza e que o dinheiro seria utilizado para a folha de pagamento dos funcionários.

Ivan contou que o empresário ficou de fazer uma visita para a família nesta sexta-feira (2). Os catadores relataram que precisam trabalhar três meses com a reciclagem para ganhar esse valor bruto, sem contar as despesas.

“Foi uma atitude natural. Que todo mundo possa seguir nosso exemplo”, acrescenta Ivan.

G1