X

Notícias

Família de Schumacher gasta R$ 110 milhões para manter piloto vivo

Geral, Notícias
-
04/01/2018 14:19

Alemão chega a 49 anos, quatro deles preso a uma cama após acidente

esportes.r7.com
Legenda da foto

Maior piloto de automobilismo da história, Michael Schumacher completa hoje 49 anos nesta quarta-feira (3), mas não tem motivo algum para comemorar.

O heptacampeão mundial da Fórmula 1, principal categoria do automobilismo, vive em coma, preso a uma cama. Segundo o diário espanhol Ás, a família já gastou 28 milhões de euros (R$ 110 milhões) para manter Schumacher vivo.

Por semana, os custos com UTI particular, médicos e cuidadores chegam a 140 mil euros (R$ 550 mil). As despesas não chegam a abalar as finanças da família Schumacher.

Segundo a revista Forbes, o ex-piloto é o quinto esportista que mais faturou ao longo da carreira, com um montante de US$ 1 bilhão (R$ 3,27 bilhões). No ranking, o alemão está atrás apenas de Michael Jordan (basquete), Tiger Woods, Arnold Palmer e Jack Nicklaus (todos do golfe).

O estado de saúde de Schumacher é um mistério. Ele sofreu acidente quando esquiava em Meribel, nos Alpes franceses, em 29 de dezembro de 2013. Desde então, vive preso a uma cama em sua casa, em Glad, na Suíça.

R7