X

Notícias

Filmes para ver nesta sexta-feira

Entretenimento, Lazer
-
28/10/2016 10:02

"Rush", "Onde vivem os monstros" e o documentário de Eduardo Escorel sobre Vladimir Herzog são destaques da programação do dia

Legenda da foto

INDOMÁVEL SONHADORA
(Beasts of the southern wild) – De Benh Zeitlin. Com Quvenzhané Wallis.
Esta produção independente norte-americana sobre a incrível jornada de uma menina de seis anos que vive em uma comunidade isolada por uma barragem em Louisiana tinha tudo para dar errado, por conta do acúmulo de tragédias e do excesso de desesperança que a acomete. Mas o diretor estreante e sua pequena e inspiradora protagonista (a mais nova a ser indicada ao Oscar) fazem a jornada valer a pena – ainda que a crítica mais exigente tenha torcido o nariz para seu moralismo e o realismo um tanto “fake”. Drama, EUA, 2012, 93min. Telecine Cult, 15h25min

ONDE VIVEM OS MONSTROS
(Where the wild things are) – De Spike Jonze. Com Max Records. O hypado diretor de Ela(2013), Adaptação (2002) e Quero ser John Malkovich (1999) buscou inspiração em Maurice Sendak (e abusou de Arcade Fire na trilha sonora) para construir este belo filme sobre a capacidade imaginativa das crianças. Misturando live-action e computação gráfica, conseguiu transpor
com competência o universo lírico do clássico de Sendak para o cinema. Fantasia, EUA/Alemanha, 2009, 101min. HBO Family, 21h

VLADO, 30 ANOS DEPOIS
De João Batista de Andrade. Três décadas após o assassinato do jornalista Vladimir Herzog, o veterano diretor de Doramundo (1978) e O homem que virou suco (1980) dedicou este documentário à sua memória, relembrando-o a partir de depoimentos de amigos e parceiros profissionais. Entre os convidados, está a viúva de Vlado, Clarice Herzog. Documentário, Brasil, 2005, 90min. Curta!, 22h

RUSH – NO LIMITE DA EMOÇÃO
(Rush) – De Ron Howard. Com Daniel Brühl e Chris Hemsworth. O irregular Howard (Frost/Nixon, O código Da Vinci, Uma mente brilhante) acertou a mão ao recriar os anos dourados da Fórmula-1, movimentados pela rivalidade entre o metódico Niki Lauda e o playboy James Hunt. A mise-en-scène impressiona, tanto pela recriação da atmosfera setentista quanto pelo realismo das sequências de corrida. Veja mesmo se você não gosta de automobilismo. Aventura/drama, Alemanha/Grã-Bretanha, 2013, 123min. Telecine Touch, 0h

TV aberta:
AVANTI POPOLO – De Michael Wahrmann. Com André Gatti. O ponto de partida deste longa é a visita de um homem ao pai. Juntos, eles veem filmes caseiros antigos e lembram do outro filho do velho, irmão do protagonista, desaparecido durante a ditadura militar. Entretanto, a liberdade com a qual o diretor constrói a narrativa torna a fruição um tanto mais complexa – e rica. Avanti popolo ainda vale pelas ótimas participações especiais, do crítico Eduardo Valente como um taxista vidrado em hinos diversos, e do cineasta Carlos Reichenbach, que interpreta o citado pai à espera do filho que nunca
mais voltou. Drama, Brasil, 2014, 72min. TV Brasil, 22h20min

DC/ Fronteira Online