X

Notícias

Homem diz ter ficado mais de 18h amarrado em árvore e tem o carro queimado no Oeste catarinense

Geral, Notícias, Policial
-
14/01/2018 10:46

Conforme Polícia Civil, ao menos três são suspeitos de um sequestro mediante extorsão. Empresário diz ter conseguido se soltar e procurar ajuda

Carro foi encontrado queimado em Arvoredo, no Oeste catarinense (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
Legenda da foto

Um homem de 37 anos afirmou à Polícia Civil ter ficado cerca de 18 horas amarrado em uma árvore após ter sido levado por criminosos para uma área rural de Arvoredo, no Oeste catarinense. A Polícia Civil trata o caso como um sequestro mediante extorsão. Três pessoas são suspeitas, mas ninguém havia sido preso até este sábado, 13.

Segundo o delegado Rodrigo Moura, responsável pela investigação, o homem havia saído de casa por volta das 8h de sexta-feira, 12. Às 10h, a família dele não conseguiu mais contato com ele, e acionou a Polícia Civil de Chapecó.

Na manhã deste sábado, o homem foi resgatado pelo helicóptero Saer/Fron (Serviço Aeropolicial de Fronteira) da Polícia Civil e levado de volta à família. Segundo o delegado, ele afirma ter conseguido se soltar da árvore onde teria passado da tarde de sexta até a madrugada deste sábado e pediu ajuda a um morador da região.

Abordagem

De acordo com a vítima à Polícia Civil, antes mesmo das 10h, criminosos pararam o carro dele próximo a cidade de Arvoredo. O homem é empresário e teria saído da linha rural de Chapecó onde mora para trabalhar.

Segundo o delegado, o homem afirmou em depoimento que foi abordado por homens armados e levado para uma área de mata, próxima a uma casa abandona. O carro dele foi incendiado e a residência vazia, também.

“Ele disse que teria sido abandonado amarrado em uma árvore e que em um momento eles teriam retornado para pegar pertences: carteira, cartão de crédito e dinheiro que estaria dentro do carro”, conta Moura.

A polícia afirma que já colheu depoimentos de testemunhas, mas que a investigação segue sigilosa. O homem foi resgatado bem, sem ferimentos.

G1