X

Notícias

Inter leva melhor campanha fora na Série B como alento por retomada contra o Brasil

Esportes, Nacional
-
24/06/2017 10:14

Colorado oscila como mandante, mas é a equipe que mais somou pontos fora de casa na competição; retrospecto é trunfo neste sábado, contra o Xavante, no Bento Freitas

Inter é dono da melhor campanha como visitante na Série B (Foto: Ricardo Duarte / Inter, DVG)
Legenda da foto

O Inter deixou o Beira-Rio, na última terça-feira, em meio a um cenário caótico, com mais um protesto da torcida após um tropeço, no 0 a 0 com o Paraná. O elenco de Guto Ferreira, aliás, amarga uma série de três empates consecutivos que não apenas serve para afastá-lo do G-4 da Série B, mas eleva ainda mais o nível de pressão por resultados imediatos sobre o grupo. E é justamente na distância de seu reduto que reside um trunfo para dissipar o momento atribulado. Neste sábado, às 16h30, o Colorado encara o Brasil de Pelotas no Bento Freitas, pela 10ª rodada, e leva a melhor campanha fora de casa como cartão de visitas por um resgate na tabela.

Passados nove compromissos até aqui, o Inter é a equipe que mais somou pontos como visitante na Série B – são oito, divididos em duas vitórias, dois empates em uma derrota. O aproveitamento de 53,3% só é inferior ao do Londrina e ao do Goiás, que têm sete pontos em quatro partidas, com 58,8%.

O Colorado, aliás, somou mais pontos fora de casa do que dentro do Beira-Rio – 8 contra 6. Em casa, tem apenas 50% de aproveitamento e conquistou apenas uma vitória, com três empates, em quatro jogos. A campanha em seu reduto, aliás, é irrisória: a equipe é a sexta no ranking de pontuação como mandante na Série B. Não à toa, o 0 a 0 com o Paraná causa tanta turbulência na temporada.

– Não foi resultado ideal. Houve uma troca e desde o início do ano, o Inter ainda não encaixou da maneira que deveria. A equipe vem sendo competitiva. Mas se deseja que seja avassaladora, para você ter uma competição como a Série B, é preciso ganhar todos os jogos. Está sendo cobrado que tem que ganhar, tem que chegar a esse estágio, mas ainda não está. Precisa trabalhar, buscar, corrigir para encontrar esse momento. Enquanto não chegar, o empatar faz parte. O perder pouco faz parte. E o vencer é o mais importante. O mais importante é o que digo sempre. É novembro. É quando passar a régua, você atingiu o objetivo – admite Guto Ferreira.

Os próprios colorados não escondem que a campanha em casa é uma das principais mazelas deste momento conturbado na Série B. Em especial, pela meta traçada ao início da competição, de somar ao menos 80% dos pontos como mandante. De acordo com D’Alessandro, há uma dificuldade especial de atuar contra rivais que se fecham ainda mais ao atuar no Beira-Rio. Além disso, a pressão da torcida, com “vaias aos 15 minutos” também dificulta a missão de superar as retrancas adversárias.

– Nosso retrospecto fora de casa é muito bom. Temos um problema dentro de casa, que não conseguimos ganhar. Estamos devendo no Beira-Rio. Mas os resultados (empates fora) não foram valorizados com o nosso jogo. Temos que fazer mais e fazer o dever de casa. Depois, estamos juntos, o grupo está junto. Vai continuar brigando. Estamos levando um peso muito grande do ano passado. Cabe aos mais experientes tirar a pressão dos guris. É muito difícil. Tem o torcedor vaiando com 15 minutos de jogo um passe errado. Já há vaia. Mas os mais experientes vão tentar tirar a pressão dos guris para entrar e decidir o jogo – disse o gringo, após o empate com o Paraná.

A campanha como visitante serve como combustível especial, dada a proximidade com o Xavante na tabela, num confronto direto em âmbito estadual pela Série B. O Brasil de Pelotas tem os mesmos 14 pontos do Inter, mas leva vantagem no saldo de gols, para ficar na quinta colocação da tabela. O Colorado figura em sexto e conta ainda com um outro trunfo: a invencibilidade de 21 anos contra o rival deste sábado.

> Brasil De Pelotas X Inter 10ª Rodada Da Série B

  • Local:Bento Freitas, em Pelotas
  • Data e hora:sábado (24/06), às 16h30 (de Brasília)
  • Provável Inter:Danilo Fernandes; Fabinho, Klaus, Danilo Silva e Uendel; Rodrigo Dourado, Charles, Edenílson, D’Alessandro e Eduardo Sasha; Brenner
  • Provável Brasil-Pel:Eduardo Martini; Wender, Teco, Leandro Camilo e Marlon (Breno); Itaqui, João Afonso (Leandro Leite), Bruno Lopes, Wagner e Rafinha; Lincom.
  • Desfalques do Inter:Keiller, Alemão, Víctor Cuesta, Felipe Gutiérrez, William Pottker e Carlos
  • Desfalques do Brasil-Pel:Evaldo (suspenso)
  • Pendurados do Inter:Danilo Silva, Carlinhos e Uendel
  • Trio de arbitragem:André Luiz de Freitas Castro (GO), Aauxiliado por Cristhian Passos Sorence (GO) e Marcio Soares Maciel (GO)
  • Transmissão:TV Globo para RS menos Pelotas (com Luciano Périco, Maurício Saraiva e Marcio Chagas da Silva) e SporTV menos RS, Premiere e PFCI (com Luiz Alano e Mário Marcos). O GloboEsporte.com acompanha os lances em Tempo Real com vídeos exclusivos

GE/ Fronteira Online