X

Notícias

Inter mantém soberania no Beira-Rio e segue em caça ao líder: “Acreditamos”

Esportes
-
05/11/2018 14:45

Invicto em casa, Colorado chega a 12ª vitória em 16 partidas pelo Brasileirão em seus domínios

— Foto: Ricardo Duarte / Inter, DVG
Legenda da foto

Em um jogo emblemático, o de número 150 do remodelado Beira-Rio, o Inter manteve a supremacia em casa e saiu de campo com os três pontos neste domingo, ao conseguir a virada por 2 a 1 sobre o Atlético-PR. Com o resultado, segue como o único sem perder nos próprios domínios no Brasileirão e chegou a uma invencibilidade de quase oito meses quando atua como mandante.

O triunfo ainda mantém o time na disputa do título da competição. Como vice-líder, está a cinco pontos do Palmeiras e tem seis rodadas para secar o adversário e tentar tirar a diferença.

– É evidente que acreditamos. Faltam seis rodadas e 18 pontos. Ontem (sábado), parecia que os atletas do Palmeiras comemoraram o título, mas há muito pela frente. Viajaremos ao Ceará para fazer um grande jogo. Só assim poderemos ser campeões – projeta o vice de futebol Roberto Melo.

Vitória suada
O Colorado sofreu com a postura do Furacão, mesmo com os reservas. Amarrado na marcação adversário, os gaúchos saíram atrás graças a gol de Camacho aos 18 do segundo tempo. Mas os comandados de Odair Hellmann não desistiram. Aos 36, Rodrigo Moledo completou cruzamento de Wellington Silva e deixou tudo igual. Rossi caiu na área no final da partida e o juiz assinalou um pênalti polêmico. D’Alessandro pegou a bola, mandou para as redes e decretou a vitória.

A fase do time ao longo do Brasileirão evitou que Odair Hellmann convivesse com as vaias da torcida. Então empatado em 0 a 0, sacou Leandro Damião e colocou Wellington Silva. A mudança culminou com apupos das arquibancadas. Com a conquista, mais uma vez, time e fãs se abraçaram novamente.

– Já fui bastante aplaudido. Hoje (ontem) me vaiaram e faz parte. Seguirei meu trabalho, com todo respeito ao torcedor, ao qual agradeço pela ajuda. Assim que criamos essa simbiose dentro do Beira-Rio, que me vaiem, mas não os jogadores. Eu estou fora, mas eles precisam de força para buscar uma virada até o final. Hoje o momento é bom, segundo colocado. Você leva vaia e fica…(suspiro). A lua de mel com o torcedor continua – destaca.

Melhor mandante

Pelo Brasileirão, o Colorado segue como único invicto em casa, com 16 partidas, com 12 vitórias e quatro igualdades, com um rendimento de 83,33%, o melhor mandante no nacional. São 27 tentos anotados e oito sofridos.

Para completar, o resultado mantém a supremacia vermelha em casa. O Inter não perde há exatos 239 dias. A última derrota ocorreu no longínquo 11 de março, quando levou 2 a 1 para o Grêmio na última rodada da fase de grupos do Gauchão. Desde lá são 18 jogos, com 14 triunfos e quatro empates.

De número 150

Em seu jogo de 150, o Colorado agora amealha 102 vitórias no novo Beira-Rio, com 28 empates e 20 derrotas, o que dá um aproveitamento de 74,22%. Balançou as redes dos adversários em 259 oportunidades, com 105 gols sofridos.

E a vitória nesse jogo emblemático tinha que vir com D’Alessandro. O camisa 10 foi o regente da equipe. Correu, driblou e lançou. Com a incumbência do pênalti, chegou a seu 23º gol no estádio, o principal goleador após a reformulação para sediar a Copa do Mundo. Pelo Inter, já são 90, o 15º maior artilheiro da história do clube.

Inter no Beira-Rio

Novo Beira-Rio Brasileirão 2018
Jogos 150 16
Vitórias 102 12
Empates 28 4
Derrotas 20 –
Aproveitamento 74,22% 83,33%
Gols pró 259 27
Gols contra 105 8

Com o resultado, o Colorado chega aos 61 pontos e recupera o segundo lugar, cinco abaixo do Palmeiras. No próximo domingo, o time de Odair Hellmann enfrenta o Ceará no Castelão.

Globo Esporte