X

Notícias

Inter vence o Brasil-Pel fora de casa, afasta pressão e volta ao G-4 da Série B

Notícias
-
26/06/2017 14:28

Com gol de Fabinho, Colorado bate o Xavante por 1 a 0 no Bento Freitas, neste sábado, pela 10ª rodada da Série B, e se recupera após três empates seguidos

Inter vence o Brasil-Pel por 1 a 0 (Foto: Agência Estado)
Legenda da foto

Inter deixou um ambiente de pressão total em Porto Alegre e rumou ao Sul do Rio Grande do Sul em busca de uma vitória sobre o Brasil de Pelotas para apaziguar uma semana atribulada por protestos da torcida. E conseguiu. Neste sábado, o Colorado bateu o Xavante por 1 a 0, no Bento Freitas, pela 10ª rodada da Série B, e retornou ao G-4 da competição. Fabinho anotou o gol de um triunfo que abre caminho para a recuperação colorada na tabela.

Com a vitória fora de casa, o Inter encerra uma série de três empates e volta ao G-4 da Série B. O Colorado ocupa a 3ª colocação, com 17 pontos. O Brasil de Pelotas, porém, cai três posições e é oitavo, com 14.

As duas equipes terão pela frente uma semana livre apenas para treinamentos e só voltam a campo pela 11ª rodada da competição no próximo sábado. O Colorado recebe o Boa Esporte, às 16h30, no Beira-Rio. O Xavante, por sua vez, encara o América-MG, às 19h, no Independência.

O Inter entrou em campo com a marca ingrata de dois jogos seguidos sem uma finalização sequer contra a meta adversária. E reverteu essa escrita logo no primeiro minuto, com uma cabeçada de Charles, num lance que serviu de prenúncio para a tônica da primeira etapa. Mesmo fora de casa, o Colorado se impôs e dominou a primeira etapa, contra um Xavante com sete ausências no Bento Freitas. O desempenho, aliás, deixa as duas atuações anteriores, de apatia pura, no passado. Como os números comprovam: foram 12 conclusões em 45 minutos, contra um total de 10 nos últimos dois compromissos, de acordo com o Footstats.

A equipe de Guto Ferreira investiu bastante pelo lado esquerdo do campo, com combinações entre Uendel, Charles e Eduardo Sasha. O camisa 9 foi a principal figura da equipe e criou duas chances claras no primeiro tempo. O gol, porém, saiu justamente do lado direito, com Fabinho. Deslocado à lateral direita, o volante tinha atuação abaixo dos demais companheiros. Mas teve estrela de sobra. Aos 38, recebeu “pifada” de D’Ale e chutou cruzado, já dentro da área, para abrir o placar.

O Inter seguiu superior na segunda etapa, mas arrefeceu seu ímpeto de ir ao ataque, até pela circustância de jogo, com vantagem no placar. O Colorado levou perigo com Sasha e Brenner nos minutos iniciais, mas recuou e viu o Brasil de Pelotas crescer para presisonar a partir dos 20 minutos. E para levar perigo. O Xavante criou ao menos três chances claras, com Lincom, Juninho e Aloísio e obrigou Danilo Fernandes a fazer três grandes defesas para segurar um triunfo valioso para a equipe de Guto Ferrreira. Triunfo que poderia ser mais elástico, não fosse a falta de pontaria colorada ao aproveitar contra-ataques municiados por D’Alessandro.

GE/Fronteira Online