X

Notícias

JBS chega a cair 20% e lidera quedas do dia na Bovespa

Economia, Notícias
-
26/10/2016 15:28

Na véspera, Ibovespa recuou 0,3%, a 63.866 pontos. JBS cancelou reorganização societária após recusa do BNDES

Legenda da foto

O principal índice da Bovespa opera em queda nesta quarta-feira, 26, repetindo o movimento da véspera, pressionado principalmente pela forte queda da JBS após o cancelamento de planos para uma reorganização societária do grupo, que previa a criação de uma holding que agruparia os negócios internacionais da empresa.

Destaques do dia
A ação da JBS, maior processadora de carne bovina do mundo e dona das marcas Friboi e Seara, despencava mais de 17%, após chegar a cair mais de 20%, depois de a companhia anunciar que cancelou os planos para promover uma reorganização societária após recusa do BNDES. O BNDESPAr (braço de participações do banco) detém 20,36% das ações da JBS.

Natura caía mais de 4%, após a renúncia do diretor-presidente da companhia, Roberto Lima.

Cenário local e externo
O cenário externo também corroborava o viés negativo do pregão, com Wall Street abrindo no vermelho sob pressão da Apple, após resultado trimestral, e da queda nos preços do petróleo.

Localmente, a Câmara dos Deputados aprovou em segundo turno a PEC que limita o crescimento dos gastos públicos, com 359 votos favoráveis.

Analistas destacam que o placar abaixo da votação em primeiro turno, quando o texto-base teve 366 votos favoráveis, acende a luz amarela para o governo do presidente Michel Temer, destaca a Reuters. “(O governo) conseguiu menos votos que o primeiro turno e a preocupação decorre da possibilidade de mais dificuldade na tramitação da reforma previdenciária”, escreveram analistas da Lerosa Investimentos em relatório.
Últimos pregões
Na véspera, o índice caiu 0,3%, a 63.866 pontos. No ano, o Ibovespa acumula valorização de 47,33%. Somente na parcial de outubro, os ganhos acumulados chegam a 9,42%. O índice encerrou na semana passada aos 64.108 pontos – o maior patamar de fechamento desde abril de 2012 (64.284 pontos).

Segundo analistas de mercado, apesar das últimas quedas, o viés ainda é de alta e há espaço para a bolsa continuar subindo nos próximos meses em meio a um maior otimismo com a condução da política econômica e aposta de investidores de que o governo conseguirá aprovas no Congresso medidas fiscais como a PEC 241 e levar adiante a sua agenda de reformas.

Dos 58 papéis que compõem o Ibovespa, o principal índice da bolsa brasileira, apenas 6 registram perdas no ano, até o fechamento de segunda-feira (24), segundo levantamento da provedora de informações financeiras Economatica.

Na outra ponta, 7 papéis acumulam alta de mais de 100% no ano.

A bolsa brasileira acumula 3 anos seguidos de perdas. Em 2015, a Bovespa foi o pior investimento do ano, com perda de 13,31%. Em 2014 e 2013, o Ibovespa também acumulou baixas, de 2,91% e de 15,5%, respectivamente.

G1/ Fronteira Online