X

Notícias

J&F fecha acordo para negociar venda da Alpargatas à Cambuhy

Notícias
-
26/06/2017 13:46

Cambuhy é um fundo criado por Pedro Moreira Salles, ex-presidente do Unibanco e copresidente do conselho do Itaú; J&F comprou Alpargatas em 2015 da Camargo Corrêa, por R$ 2,66 bi

Danas da marca Havaianas pode ser vendida para a gestora Cambuhy (Foto: REUTERS/Paulo Whitaker)
Legenda da foto

 

Alpargatas, dona de marcas como Havaianas e Osklen, informou nesta segunda-feira ,26, que o grupo J&F, controlador da empresa, fechou um acordo de confidencialidade para negociar a possível compra de todas as suas ações detidas pelo conglomerado pela gestora de recursos Cambuhy, que tem entre os fundadores o empresário Pedro Moreira Salles, ex-presidente do Unibanco e atual copresidente do conselho de administração do Itaú.

A J&F, dona da JBS, detém 54% do total de ações na Alpargatas, informou a empresa em seu site em março deste ano.

“A J&F comunicou, ainda, que manterá a Alpargatas informada sobre o andamento das negociações, bem como sobre a celebração de quaisquer contratos vinculantes neste sentido”, informou a impresa em comunicado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Em 2015, a J&F Investimentos comprou o controle da Alpargatas do grupo Camargo Corrêa, em uma operação avaliada em R$ 2,66 bilhões. Foi a última grande aquisição do grupo. Na ocasião, a companhia informou que o objetivo da operação era a “diversificação do portfólio de negócios investidos pela J&F”.

Desinvestimentos da JBS

Na semana passada, a JBS, controlada pelo J&F, informou que fará um programa de desinvestimentos de R$ 6 bilhões. O plano da empresa inclui se desfazer de sua fatia de 19,2% na empresa Vigor Alimentos S.A, além da participação acionária na Moy Park e dos ativos da Five Rivers Cattle Feeding e fazendas.

Os R$ 6 bilhões estimados pela empresa do plano de desinvestimentos devem se juntar ao montante de R$ 1 bilhão já anunciado da venda das operações da companhia na Argentina, Paraguai e Uruguai.

G1/Fronteira Online