X

Notícias

Junior Barranquilla e Chapecoense medem forças para tentar chegar à semifinal da Sul-Americana

Esportes, Nacional
-
19/10/2016 11:54

Time foi de Minas Gerais até a fronteira com a Bolívia, onde pegou outro avião

Legenda da foto

Na noite desta quarta-feira, a Chapecoense começar a trilhar o caminho para uma estrada onde jamais esteve: nas semifinais daCopa Sul-Americana. Diante do Junior Barranquilla, o time do Oeste entra em campo às 21h45min (horário de Brasília) pelas quartas de final do torneio e vai tentar aproveitar o bom momento em que vive no Brasileirão e na própria competição internacional para seguir adiante e fazer história. Como o duelo de ida ocorre na cidade de Barranquilla, na Colômbia, a Chape contará com todo o apoio da torcida verde e branco no jogo decisivo, no dia 26 de outubro, na Arena Condá.

“Bombando” no cenário nacional, desde que conquistou o acesso à Série A em 2013, com o vice-campeonato da Série B (nunca mais saiu da elite desde então), a Chapecoense é desconhecida no futebol internacional. No ano passado, conseguiu chegar às mesmas quartas de final da Sul-Americana, mas acabou eliminada pelo River Plate. Diferentemente do rival colombiano, que já teve seus momentos de glória na Libertadores da América de 1994, quando chegou às semifinais. Se levar em consideração o ano de cada time, o Verdão tem larga vantagem. Faturou o título do Catarinense e está praticamente garantido na elite de 2017, enquanto o Junior amarga a 18ª posição do campeonato nacional.

A viagem para Colômbia foi longa, aliás, a mais longa da história do clube catarinense. Mais de sete mil quilômetros entre conexões, atrasos na programação e pernoite na cidade de Corumbá, no Mato Grosso do Sul. Mas nada de pensar em cansaço ou adversidades. O time quer usar esses imprevistos como uma motivação a mais para conquistar um resultado satisfatório no país dos famosos Pablo Escobar e Shakira.

DC/ Fronteira Online