X

Notícias

Líderes coreanos surpreendem ao se reunirem pela segunda vez em um mês

Geral, Internacional, Notícias
-
26/05/2018 10:13

Encontro entre o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, e o líder do Norte, Kim Jong-un, aconteceu após Coreia do Norte anunciar desmantelamento completo de centro de testes nucleares e Donald Trump recuar sobre encontro com Kim

O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, e o líder norte-coreano Kim Jong Un durante encontro em Panmunjom (Foto: Reuters)
Legenda da foto

O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, e o líder do Norte, Kim Jong-un, surpreenderam ao se reunirem neste sábado, 26, na fronteira entre os dois países para tratar a celebração da cúpula entre o dirigente da Coreia do Norte e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Ambos mantiveram um encontro – o segundo em um mês – de duas horas na militarizada fronteira entre os dois países, segundo informou o escritório presidencial sul-coreano em comunicado.

O encontro entre os líderes aconteceu dois dias após a Coreia do Norte anunciar que desmantelou completamente o centro de testes nucleares Punggye-ri. A intervenção, que fechou completamente as entradas de túneis, tem o objetivo de “garantir a transparência da interrupção dos testes nucleares”, informou a agência estatal KCNA. Segundo o governo norte-coreano, dois túneis estavam prontos para serem usados em “poderosos testes nucleares subterrâneos”.

No mesmo dia, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, cancelou a reunião com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, que estava prevista para acontecer em 12 de junho, em Singapura. A Coreia do Norte lamentou e respondeu que a decisão de Trump “não está alinhada com os desejos do mundo” e que ainda quer resolver suas questões com os americanos.

Na sexta-feira, 25, Donald Trump, considerou boa a reação da Coreia do Norte sobre o cancelamento da sua reunião com o líder norte-coreano e voltou a dizer que encontro pode acontecer no dia 12 de junho.

G1