X

Notícias

Marcelo Lomba lembra tarde de herói em resgate durante férias: “Pensei o pior”

Esportes, Nacional
-
12/01/2018 09:05

Goleiro se atirou no mar da Guarda do Embaú e ajudou um policial a resgatar um casal que se afogava. Em campo, goleiro acredita que Inter lutará por títulos em 2018

Marcelo Lomba teve tarde de herói durante as férias (Foto: Tomás Hammes)
Legenda da foto

Marcelo Lomba trabalha para aprimorar o condicionamento físico e disputar vaga como titular do gol do Inter, junto com os colegas Danilo Fernandes, Keiller e Daniel. Porém, durante as férias, o arqueiro trocou a vestimenta à qual está habitual e se forjou de herói por um dia, ao participar de um salvamento de duas pessoas em Santa Catarina.

Após o treino desta quinta-feira, Lomba relembrou e explicou o salvamento, em caso que aconteceu em novembro passado. E admitiu que passou por péssimos bocados até conseguir auxiliar um bombeiro a salvar um casal de turistas.

– Foi muito difícil. Eu só pensei o pior na hora – admite.

Enquanto espairecia com a família na Guarda do Embaú, distante 54 km de Florianópolis, o goleiro avistou um casal de turistas se afogando. Apesar do receio com a forte correnteza, Lomba se atirou no mar. Depois de pular na água e conseguir segurar o homem identificado como Roger Granella, viveu momentos de perigo. Acabou levado pela correnteza às pedras, onde se agarrou em meio às fortes ondas.

Enquanto isso, Roger foi levado pelo mar e só não morreu porque o policial militar do Batalhão de Choque de Santa Catarina, Victor Bomfim, estava de folga na praia e, depois de salvar primeiro a mulher – Pamela Machado Oliveira –, foi atrás do homem para concretizar o salvamento.

– Eu estava brincando com as crianças. O casal entrou na água e, daqui a pouco, estavam pedindo socorro. A mulher não sabia nadar. Ela foi levada pela correnteza. O policial pediu para ajudar o rapaz, enquanto ele, a mulher. O rapaz lutava e eu incentivava, o mar estava forte. Falei calma. Mas, quanto mais falava, menos ele respondia. Quando vi, estava muito longe da areia, em perigo. Disse que teria que soltá-lo. Eu sou atleta. Sei nadar. Lutei até chegar às pedras. Não tive mais coragem de entrar. O rapaz entrou. Veio um jet ski contornou a montanha. Foram três horas (assustadoras) no meu primeiro dia de férias. Graças a Deus, deu tudo certo. Preciso elogiar o policial. Você vê tanta reclamação, mas alguém de férias salvar uma vida… Foi mérito dele. Mas deixa isso em 2017. Em 2018, só espero coisas boas – relata.

Longe do perigo, Lomba trabalha para alcançar seu espaço. E, após as dificuldades enfrentadas em 2016, quando o time acabou rebaixado para a Série B, e no ano passado, quando ficou em segundo no torneio, acredita que o Colorado tenha condições de, pelo menos, levantar uma taça.

– O objetivo do ano é conquistar um título. No ano passado, não levamos. Queremos ganhar Gauchão, brigar pelo Brasileirão, Copa do Brasil, vaga a Libertadores. Estamos ralando e queremos chegar – declarou.

Na tarde desta quinta, Lomba participa de mais uma sessão de exercícios. No sábado, o Inter realiza o primeiro teste da temporada, quando disputará um jogo-treino com o Lajeadense. No dia 18, a equipe estreia no Gauchão diante do Veranópolis.

GE