X

Notícias

Menino ganha uniforme de gari e visita de coletores em festa de 4 anos

Entretenimento
-
28/10/2016 11:54

Marcos pediu decoração temática e andou no caminhão que coleta lixo, pedido surgiu dias antes e foi realizado com ajuda de funcionários

Legenda da foto

A intenção era fazer um bolo na escola para não passar em branco o aniversário de 4 anos do filho Marcos Vinícios Brites Casco, mas a mãe Marcelina Lopes Brites, de 35 anos, foi surpreendida com um pedido especial dias antes: festa dos “amigos” coletores de lixo e roupa igual ao uniforme usado pelos funcionários de Campo Grande. O desejo se concretizou na quinta-feira, 27, com direito à réplica do uniforme, bolo especial e volta no caminhão de lixo.

Marcelina sabia da admiração do filho pelos profissionais, só não imaginava que o garoto fosse querer a presença dos amigos na hora dos parabéns. O pedido foi revelado para a mãe enquanto ela caminhava com o filho de volta para casa.

“Tentei mudar a ideia dele, sugeri festa do Capitão América, do Super Homem, Bob Sponja, mas ele só queria ‘dos amigos’. Ele pediu a roupa igual ao uniforme e que os amigos viessem cantar parabéns pra ele. Comecei, então, a missão quase impossível”, contou Marcelina ao G1.

Sem saber como faria, a mãe lembra que começou a perguntar para funcionários da Solurb onde o uniforme era feito.

“Era eu encontrar um deles na rua que eu parava e perguntava onde comprava o tecido, onde mandava fazer. Um dia encontrei um moço, fui perguntar e ele pegou meu telefone. Pesquisei na internet, achei o número da Solurb, liguei e falei: ‘sou mãe e estou numa missão quase impossível’. Eles acharam a coisa mais linda e marcaram uma reunião comigo”, lembrou.

Funcionários se mobilizaram após pedido de ajuda da mãe (Foto: Solurb/Divulgação)

Campanha
Na empresa, a mobilização foi geral, segundo Andreza Camargo, assistente de qualidade. Os funcionários se uniram em uma campanha interna organizada pelo setor de Recursos Humanos e arrecadaram dinheiro e brinquedos.

O aniversariante ficou o tempo todo vestido com a réplica do uniforme que ganhou.

O bolo também foi especial em formato de caminhão de lixo e a mãe atravessou a cidade para encomendar e trazer até o Centro de Educação Infantil onde Marcos estuda. O resultado agradou a todos, garantiu Marcelina.

“Eu não esperava essa proporção toda. Só pedi a roupa e os amigos, e eles os salgadinhos, docinhos, balão, pula-pula, cama elástica, brinde para as crianças e ainda veio o mascote da empresa. Marcos é meu único filho e tudo que eu puder fazer para ver ele feliz eu vou fazer. Foi uma festa muito gratificante porque realizou o nosso sonho e também é uma homenagem aos coletores que são desvalorizados pelas pessoas”, ponderou.

O amor do garoto pelos coletores é tão grande que ele sonha em ser um deles no futuro. Quando perguntado pelo G1 sobre a festa especial,Marcos respondeu em poucas palavras que achava legal ter os amigos por perto. A mãe garante que vai apoiar se o filho quiser seguir os passos dos coletores.

 

“Não acho ruim, ele vai ser o que ele quiser. Se ele me falar que vai recolher lixo eu vou apoiar. Tem dias que fala que quer ser coletor, depois que quer ser policial federal”, lembrou Marcelina.

Catadores se sentiram homenageados por carinho do menino (Foto: Gabriela Pavão/G1 MS)

Reconhecimento que emociona

A festa foi especial também para os coletores que chegaram à escola em um dos caminhões de lixo. Elson Oliveira de Almeida, de 47 anos, trabalha na função há 13 anos e disse que tem orgulho da profissão.

“A gente se sente homenageado também porque é muito legal uma criança gostar assim da gente. Para nós é um reconhecimento e uma felicidade muito grande. Enquanto tem adulto que destrata a gente, tem preconceito, vem uma criança, abraça a gente e ensina diferente”, ressaltou.

Valdir Dias, de 48 anos, também é coletor da empresa e participou da surpresa para Marcos Vinícios. “É um amor assim que nem a gente sabe explicar. Tem criança que chora quando a gente não passa na casa delas, fica até doente. E a gente sempre passa, dá oi, brinca com elas, deve ser por isso que elas gostam”, avaliou.

 

Além de uniforme, bolo de aniversário foi em formato de caminhão de lixo (Foto: Gabriela Pavão/ G1 MS)

Com uniforme da Solurb, Marcos Vinícius brinca na cama elástica (Foto: Gabriela Pavão/ G1 MS)