X

Notícias

Mensagem que afirma que eleitor deve anotar o número do candidato no caderno de votação é falsa

Notícias, Política
-
06/10/2018 18:44

O Ministério Público Eleitoral informa que é vedado ao eleitor fazer qualquer tipo de referência a partido político ou candidato no campo de assinatura nos cadernos de votação

Legenda da foto

Circula em aplicativos de mensagens e nas redes sociais, um texto onde afirmam que o eleitor deve anotar o número do candidato no caderno de votação, para assim evitar fraudes. Essa informação é falsa e pode acabar induzindo os eleitores a erro.

A informação surgiu como uma fake news, sendo que é possível que os mesários ao verificarem essa situação alertem e impessam o eleitor de fazer isso.

O que seria uma manobra para garantir “maior transparência do voto e facilitar auditoria futura”, é proibido. A prática configura o crime previsto no artigo art. 347 do Código Eleitoral, sujeitando o eleitor às penas correspondentes.

Conforme divulgado pelo Ministério Público Eleitoral, é vedado ao eleitor fazer qualquer tipo de referência a partido político ou candidato no campo de assinatura nos cadernos de votação – seja colocando a sigla do partido, nome do candidato, número da candidatura – “esse recurso jamais poderá ser utilizado como meio de recontagem de votos, pois o voto que conta é o da urna eletrônica.

Fronteira Online