X

Notícias

Nienke, holandesa fã de Pabllo Vittar e Wesley Safadão, bomba no YouTube com vídeos para brasileiros

Entretenimento, Notícias
-
22/08/2017 15:10

Público de jovem de 19 anos é 95% brasileiro e virou fã após ela falar português errado. 'Os brasileiros são mais apaixonados e empolgados com as pequenas coisas', diz Nienke ao G1

Nienke Helthuis, a youtuber holandesa que bomba fazendo vídeos para brasileiros (Foto: Divulgação)
Legenda da foto

Ela tem 19 anos, é fã de Pabllo Vittar e Wesley Safadão e leva no vocabulário expressões como “mano do céu” e “sarrada”. Nada de muito excepcional para uma jovem da geração Y no Brasil… com a diferença que Nienke Helthuis é de uma cidade pequenina da Holanda, bombando no YouTube fazendo vídeos para brasileiros. Veja o vídeo acima.

Dizer que a youtuber é mais conhecida deste lado do Oceano Atlântico é quase uma obviedade. Nienke mora em Almelo, cuja população de 72,5 mil pessoas é 25 vezes menor que o 1,8 milhão de inscritos no NiceNienke (Nienke “gente boa”), seu canal no YouTube. Desses, 95% são brasileiros.

Os números da Nienke ‘gente boa’ Helthuis

1,8 milhão de inscritos no YouTube

49 milhões de visualizações no YouTube

21 milhões de visualizações na página “Miga sua louca” com ela falando português

Nesta terça-feira, 22, ela faz em Curitiba (PR) a última etapa da sua segunda turnê de encontros com fãs. E isso em menos de seis meses.

Vai Brasiliam

 

Nienke faz vídeos no YouTube desde 2012, mas o jogo virou depois que ela publicou em setembro de 2016 uma tentativa de falar português. O clipe da youtuber até então anônima acabou postado numa página de virais no Facebook. Como geralmente acontece na internet brasileira, polarizou os comentaristas.

Uns se ofenderam fácil com o papo macarrônico de Nienke. Outros reconheceram esforço e graça em assistir à holandesa falando errado o português do Brasil. Afinal, é uma língua com muitos fonemas, disseram alguns.

Após 21 milhões de visualizações no Facebook, no entanto, ela emergiu vitoriosa deste “tribunal” chamado internet. E o público cresceu 10 vezes entre dezembro de 2016 e junho de 2017, saltando de 100 mil inscritos para 1 milhão em 6 meses.

Please come to Brazil

E ela veio. Mas só depois de focar sua produção inteira no Brasil. Foram vídeos reagindo a funk, sertanejo, rap e pop. Ela ainda se arriscou com a apreciação de várias guloseimas brasileiras enviadas por fãs, como Guaraná Jesus, Toddynho, Tortuguitas e catuaba.

Nienke chegou a gravar outros vídeos em que fala (propositadamente mal, essa é a graça) idiomas como espanhol e francês. Mas por que a brincadeira só decolou com o português?

“Provavelmente porque eu sou muito ruim. As pessoas realmente riram de mim”, diz a youtuber ao G1. “Não quero insultar os franceses. Mas acredito que os brasileiros sejam mais apaixonados e animados com as pequenas coisas”.

Ela pretende fazer aulas de português ao lado da mãe. A moradia no Brasil, porém, ainda não é uma realidade. “Nós pensamos nisso, obviamente, e é algo que eu realmente quero. Mas para mim ainda é melhor morar na Holanda”, ela conta.

“Eu estudo design gráfico. É muito divertido, mas diferente do que faço no YouTube. Gosto mais de fazer vídeos, mas vou terminar meu curso”.

Enquanto isso, Nienke aproveita a vinda ao país para tirar fotos com Luan Santana e Anitta e aprimorar seu repertório de brasileirices com youtubers como Whindersson Nunes e Dani Russo. Gonçalves Dias estava correto. As aves que aqui gorjeiam não gorjeiam como lá.

G1/Fronteira Online