X

Notícias

Novas trilhas ajudam turistas a redescobrirem cânions em São José dos Ausentes

Entretenimento
-
19/07/2016 11:44
Legenda da foto

Empreendedores abrem as propriedades e  oferecem trilhas de diferentes dificuldades, espalhadas por seis fazendas no interior de Ausentes.

São José dos Ausentes não precisa de incremento para atrair visitantes, já que as paisagens são tão impressionantes que servem como cenário de novelas e comerciais televisivos com frequência: agora, a cidade avança na organização de roteiros e na construção de estruturas para visitação. A Associação de Pousadas e Hotéis Rurais e Urbanos de Ausentes (Aphrua), em parceria com o Sebrae, desenvolve o projeto Trilhas de Fazenda, o primeiro circuito de trilhas no Estado que atende ao público voltado ao ecoturismo.

A fórmula é simples: empreendedores do campo, que mantêm pousadas, abrem as porteiras das propriedades e oferecem sua recepção de gente simples, caprichosa e alegre em bem-receber. Somado à hospitalidade, estão as trilhas de diferentes dificuldades, espalhadas por seis fazendas no interior de Ausentes.

— Trabalhamos no projeto há um ano de forma minuciosa, deixando todas as trilhas com a mesma linguagem. Mapeamos cada uma delas para gerar o mínimo impacto ambiental possível — explica a bióloga Roséli Azi Nascimento, consultora do Sebrae.

É difícil precisar se a parte mais gostosa da visitação é a cordialidade dos moradores ou as caminhadas que desembocam em cânions gigantescos que dividem Rio Grande do Sul e Santa Catarina. É possível ver cartões-postais como o desnível de rios e cachoeiras e cruzar as águas em segurança. As trilhas que compõem o projeto já existiam, mas agora estão sinalizadas para que sejam autoguiáveis e abertas também a quem não se hospeda nas cabanas.

O preço da caminhada é acessível: parte de R$ 10 e chega a R$ 70. Os roteiros podem ser feitos a pé ou a cavalo, dependendo da disposição do turista — e do valor que deseja desembolsar. As distâncias variam de um a oito quilômetros. Uma das vistas mais bonitas está na propriedade da Pousada Ecológica dos Cannyons, distante cerca de 50 quilômetros do Centro da cidade. A maior parte das cenas filmadas em Ausentes da novela Além do Tempo teve como cenário o cânion Boa Vista, no quintal da pousada. Era onde Felipe e Lívia, personagens de Rafael Cardoso e Alinne Moraes, beijavam-se após cavalgadas. Para chegar ali, basta uma caminhada de 450 metros a partir da hospedagem.

— É nosso jardim de casa, privilégio de pouco. Muita gente nem sabe que tem cânions em Ausentes, e se deslumbra com o que vê aqui — afirma uma das proprietárias da pousada, Mônica Savio.

Foto: Felipe Nyland / Agência RBS

As outras pousadas inscritas no circuito também reservam surpresas. O turista irá se deparar com animais como quatis, veados-campeiros e a ave curicaca, símbolo do território ausentino. As trilhas permitem chegar ao ponto mais alto do Estado, O Pico do Monte Negro, com 1,4 mil metros de altitude, o Cachoeirão dos Rodrigues, a Cascata da Boa Vista, o Desnível dos Rios e outras belezas que são dignas de novela.

— A nossa família tem orgulho de preservar tão bem esse lugar. É um patrimônio que poucos têm— orgulha-se o proprietário da Pousada e Fazenda Cachoeirão dos Rodrigues, Antônio Sérgio Camargo Nakes, 62 anos.

As pousadas que integram o projeto ficam distantes cerca de 30 quilômetros do centro da cidade. Os valores da diária variam de R$ 150 a R$ 300. É possível seguir os mapas fornecidos na Secretaria de Turismo ou placas que levam às pousadas, e ainda contratar serviços de transporte, que podem incluir guias turísticos. Todas as pousadas oferecem internet wi-fi de boa qualidade.As próprias pousadas se encarregam de indicar guias, ou, dependendo da proposta, levam e buscam o cliente até a trilha.

Márcio Willians, guia turístico autônomo, trabalha há três anos levando grupos pelo interior e apresentando peculiaridades de um dos cantos dos Campos de Cima da Serra. Como a maior parte dos clientes chega de carro, ele cobra a taxa diária de R$ 100 pelo serviço. Quem prefere ir com a camionete do guia, paga R$ 2 adicionais por quilômetro rodado. Ainda que exista a possibilidade de contratar guias turísticos, a proposta é que o turista visite as trilhas sozinho, já que as placas instaladas pelo Sebrae se encarregam de dar as coordenadas. As estradas são um ponto à parte.

Esqueça asfalto e se acostume com o trepidar do carro. O ausentino está habituado a enfrentar estradas de chão batido para chegar de um ponto a outro na cidade, e quem chega por lá não encontra outra alternativa. Mas a boa notícia é que a estrada está em boas condições.

Gastronomia e poesia no cardápio

Nem pense em visitar São José dos Ausentes e não provar as delícias da gastronomia nas pousadas rurais. Prepare-se para provar o gostinho de comida caseira somado ao toque campeiro, só encontrados em território gaúcho. Nilda Salib, 51 anos, encara como desfeita uma ida à Pousada Potreirinhos e não provar os biscoitos de polvilho, os empadões, o pãozinho de queijo e outras delícias postas na mesa ainda quentinhas. O café da manhã ou da tarde pode ser contratado adicionalmente por lá.

Foto: Felipe Nyland / Agência RBS

Em algumas pousadas do projeto, está incluso no pacote.Quem gosta de comer pinhão está na terra certa. No almoço na Pousada Monte Negro, por exemplo, até a linguiça campeira era recheada com a iguaria gaúcha. Farofa com pinhão, entrevero com pinhão e risoto com pinhão são pratos leves, mas que fazem você se aquecer nas baixas temperaturas de Ausentes. As carnes também são originárias dos campos da pousada.

Até a sobremesa leva ingredientes dificilmente encontrados em restaurantes da cidade grande: a ambrosia é feita com leite da fazenda, ovo caipira e outros ingredientes típicos. Na pousada Monte Negro, mantida pela família Pereira, os filhos Anápio, 40 anos, Alexandre, 42, Francisco, 38 e Antônia, 43, estão sempre prontos para contar causos aos turistas, e até poesia declamam para distrair os visitantes na roda de chimarrão ao pé de uma lareira aconchegante. Depois da acolhida, é hora do patriarca Domingos tocar o sino e avisar que a comida está servida.

— O que o turista mais gosta é vivenciar as experiências do campo, nossa simplicidade. Tirar leite, tratar as ovelhas, os terneiros, passear a cavalo, fazer pesca esportiva. Nós tratamos ele como se fosse de casa — afirma Alexandre.

Como fazer o passeio

Pousada Proteirinhos
Distância total da trilha: 1,9 quilômetros, de dificuldade moderada
O que é possível enxergar: Lago da Fazenda, entrada na mata nativa, recanto das Bromélias, Xaxins, um cemitério da família de 1901, mirante dos morros maracajá e Rio Silveira, mata de eucaliptos e o exuberante desnível dos rios Silveira e Divisa.
Preço: a partir de R$ 20. Inclui lanche de trilha.Contato: (54) 9977.3482 ou potreirinhos@hotmail.com

Pousada Ecológica dos Cannyons
Distância total da trilha: seis quilômetros, de dificuldade moderada
O que é possível enxergar: Cânion Boa Vista, incluindo a cascata, e o mirante dos cânions Pinheiros, Encerra e Realengo.
Preço: a partir de R$ 25. Inclui lanche de trilha, com fruta, água e cereal.Contato: (54) 9982.9752 ou pousadaecodoscannyons@hotmail.com

Pousada Flor de Açucena
Distância total da trilha: 2,5 quilômetros, de dificuldade moderada
O que é possível enxergar: quedas d’água do arroio Apolônio, elementos de fauna e flora nativas, as quedas e o mirante dos Campos de Cima da Serra.
Preço: a partir de R$ 20. Inclui lanche de trilha.Contato: (54) 9609.4649 ou reservas@flodeacucena.com.br

Pousada Fazenda Monte Negro
Distância total da trilha: 1,1 quilômetro, de dificuldade fácil
O que é possível enxergar: Caminhada entre as araucárias, é possível escutar o canto das aves. Há fonte de água mineral, mirante, espécies exóticas de plantas e pássaros como curicacas. É também possível chegar ao ponto mais alto do Estado, o pico do Monte Negro.
Preço: a partir de R$ 25. Inclui café e lanche de trilha. Contato: (54) 9978.2299 ou fazendamontenegro@gmail.com

Pousada e Fazenda Cachoeirões dos Rodrigues
Distância total da trilha: 1,1 quilômetro, de dificuldade fácil
O que é possível enxergar: O cachoeirão dos Rodrigues é, por si só, o maior atrativo. Durante a trilha, é possível também ver a cachoeira Vovó Elvira, o Rio Silveira, entre outros motivos contemplativos.
Preço: a partir de R$ 10. Inclui lanche de trilha.Contato: (54) 9905.9522 ou pousadacachoeirao@gmail.com

Pousada e Fazenda Morro da Cruzinha
Distância total da trilha: 1,5 quilômetro.
O que é possível enxergar: A trilha permite vista do cânon da Cruzinha e o ponto mais alto do Estado, o Pico Montenegro. É possível acessar em uma maior, com cerca de dois quilômetros.
Preço: R$ 75 para a cavalgada. Contato: (49) 9118.1901

ZH/ Fronteira Online