X

Notícias

O que o Corinthians pretende fazer em dois dias para voltar a vencer no Brasileiro

Esportes, Nacional
-
22/08/2017 11:50

Derrota de sábado traz elementos quase inéditos para a sequência do trabalho alvinegro. Fábio Carille e jogadores iniciam nesta segunda a preparação para enfrentar a Chapecoense

Carille deve conversar bastante com os jogaodres após a primeira derrota no Brasileirão (Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians)
Legenda da foto

Após um dia de folga, o Corinthians se reapresenta no CT Joaquim Grava na manhã desta segunda-feira para o primeiro dos dois trabalhos preparatórios para o confronto com a Chapecoense, na quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), na Arena Condá, em jogo remarcado da 20ª rodada.

Após a primeira derrota no Brasileirão, por 1 a 0 para o Vitória, em casa, que interrompeu série de 34 jogos de invencibilidade, o Corinthians tenta absorver o golpe com rapidez para retomar o bom momento.

Líder do campeonato com 47 pontos, com sete pontos de vantagem para o Grêmio, o Timão acumula apenas três derrotas na temporada, o que traz novos componentes para a sequência do trabalho do técnico Fábio Carille.

Nos últimos meses, em diversas entrevistas os jogadores do Timão e os membros da comissão técnica responderam como seria a reação da equipe após a primeira derrota. Agora que ela aconteceu, a aposta será em algumas situações. Veja quais:

Vídeos dos erros: Carille enxergou problemas no jogo e vai apresentar as imagens;

Muita conversa: com só dois dias de trabalho e uma viagem para Chapecó na terça-feira, o papo será mais importante do que as atividades de campo;

Mesma programação: a comissão não vai mudar nada na rotina de treinos. O entendimento é que qualquer grande mudança pode ser sentida como correção abrupta de rota. Não há desespero. A situação na tabela ainda é bastante favorável;

Atuação dos líderes: jogadores como Jô, Cássio, Fagner, Rodriguinho, Balbuena e Fellipe Bastos terão papel fundamental para dar confiança aos mais jovens do elenco;

Preparação dos reservas: Léo Santos terá de substituir Balbuena, suspenso. Moisés tem chance enorme de jogar na vaga de Guilherme Arana, que está vetado. A comissão deve dar uma atenção especial aos substitutos, principalmente no posicionamento defensivo.

O Timão também pode ter mudanças na escalação por opções técnicas. Além de Léo Santos e Moisés, o meia Marquinhos Gabriel pode ganhar chance. Ele entrou bem no segundo tempo e pode voltar. Jadson, ainda fora de ritmo, deve continuar como opção no banco de reservas. A confirmação da escalação deve acontecer na manhã de terça-feira, no último treino no CT.

GE