X

Notícias

Opinião: Lucas Lima parece já ter decidido que não quer jogar mais pelo Santos

Esportes, Nacional
-
17/10/2017 09:23

Vaias da torcida no empate contra o Vitória mostram que o meia pode ter o mesmo fim de Ganso se não voltar a mostrar apetite pela camisa 10 do Peixe

Lucas Lima ouviu vaias da torcida no empate com o Vitória (Foto: Alê Cabral/Agif/Estadão Conteúdo)
Legenda da foto

Lucas Lima tem pouco mais de dois meses de contrato com o Santos. Publicamente, ainda não anunciou se vai aceitar a proposta de renovação feita pelo clube. Na prática, porém, sua postura em campo parece a de alguém com decisão tomada. E a torcida já percebeu, como demonstrou ao vaiar o camisa 10 durante o empate com o Vitória, na segunda-feira, que desconfia fortemente do defecho desfavorável ao Peixe.

Por mais que diga estar focado na reta final da temporada, o meia não demonstrou isso nas duas partidas realizadas desde o retorno à equipe.

Tanto contra a Ponte Preta quanto diante do Vitória, ele foi o atleta do time mais acionado em campo. No jogo em Campinas, deu 57 toques na bola, sendo 53 corretos. No Pacaembu, foram 56 passes, oito errados. Nenhum lance, porém, que chamasse a atenção. Nada de gol ou assistência – ele ainda lidera com folga o ranking de passes para gol do Peixe em 2017, com 16, mas só três foram no Brasileirão.

É um clichê, mas a cobrança sempre será maior em cima de quem pode render mais. Em um elenco sem tantos destaques individuais, então, essa relação ganha peso dobrado. A esperança do santista em brigar pelo título brasileiro passa diretamente pelo desempenho do jogador mais talentoso do time. Quando este falha, é até natural que a crítica mais pesada seja a ele direcionada.

De que forma Lucas Lima amenizaria isso? Dando sinais de que vai permanecer na Vila em 2018. Não é o caso. Muito pelo contrário. Já teve o nome especulado no Barcelona, Palmeiras, futebol chinês… Em relação ao Santos, disse apenas que a oferta de renovação era “muito boa”. Anteontem? Não, em junho!

Outra maneira de desviar o foco da cobrança seria respondendo em campo. O torcedor “não se importaria” em ver o craque em cima do muro se este estivesse dando conta do recado. Também não é o caso.

Lucas Lima corre o risco, assim, de ter um fim de passagem pela Vila tão melancólico quanto foi o de Paulo Henrique Ganso. Os enredos são parecidos. Assim como o atual camisa 10, o hoje meia do Sevilla demonstrou insatisfação, declarava a todo momento que desejava atuar na Europa… Virou alvo frequente de protestos das arquibancadas até ser vendido ao São Paulo, em 2012.

Está na cara que Lucas Lima só não anunciou ainda o que deseja para o futuro porque espera por uma oportunidade que considere mais atraente. Tão na cara que até a torcida já percebeu.

GE