X

Notícias

Palmeiras vence Colo Colo por 2 a 0 no Chile e fica muito perto da semifinal da Libertadores

Esportes
-
21/09/2018 14:25

O Palmeiras está muito, mas muito perto da semifinal da Libertadores

Getty Images
Legenda da foto

Nesta quinta-feira, a equipe alviverde venceu o Colo Colo por 2 a 0, em pleno Estádio Monumental de Santiago, e agora pode até perder por um gol de diferença no próximo duelo que ainda assim se classifica para pegar o ganhador do confronto entre Boca Juniors e Cruzeiro.

A partida de volta será dia 3 de outubro, às 21h45 (de Brasília), no Allianz Parque.

No Chile, o Verdão abriu o placar logo aos 2 minutos do primeiro tempo, em um chutaço de Bruno Henrique na grande área, após boa assistência de Moisés.

Na segunda etapa, o time da casa pressionou bastantes, mas o técnico Luiz Felipe Scolari trancou o time e apostou nos contra-ataques fatais. Aos 32, Dudu aproveitou rebote de uma grande defesa do goleiro Orión e bateu forte para fechar a conta.

Do lado dos alvinegros, o meia Valdivia e o atacante Lucas Barrios não conseguiram fazer a “lei do ex”.

O armador até deu bons dribles e animou os torcedores com jogadas de efeito, mas passou em branco. Já o centroavante conseguiu dar uma cabeçada perigosa na segunda etapa, mas ficou sumido na maior parte da partida.

Essa foi a 5ª vitória do Palmeiras em cinco jogos fora de casa nessa Libertadores.

Ao contrário do esperado, quem começou o jogo indo para cima foi o Palmeiras. E, logo de cara, o time de Luiz Felipe Scolari foi fatal.

Em boa chegada pela esquerda aos 2 minutos, Borja cruzou e a bola achou Moisés do outro lado da grande área. O camisa 10 rolou para trás e Bruno Henrique chegou batendo de primeira, colocado, sem chances de defesa para Orión.

O Colo Colo sentiu o gol, e sua torcida, que cantava de maneira forte antes da partida, deu uma murchada. Só depois dos 15 minutos a equipe da casa conseguiu colocar a cabeça no lugar e jogar bola, tentando jogadas através de Valdivia.

O Verdão, porém, era perigoso nos contra-ataques, como aos 24, quando roubou a bola, arrancou pelo meio e serviu Dudu, que cortou a marcação e bateu rasteiro. Bem colocado, Orión conseguiu fazer a defesa sem dar rebote.

Na sequência, os donos da casa chegaram pela primeira vez: Opazo ajeitou e Paredes chutou forte, mas Antônio Carlos conseguiu desviar para escanteio.

Cinco minutos depois, novo bote do Palmeiras em velocidade. Willian arrancou pela direita, passou por dois zagueiros e deu o passe para Moisés disparar da meia-lua. O chute do meia, porém, saiu fraco, e o goleiro adversário agarrou firme.

A equipe de Felipão controlava bem os ataques do adversário, e ainda criava as melhores oportunidades. Aos 37, Dudu teve mais uma chance boa em batida da entrada da área, mas mandou por cima da meta.

A melhor chance do Colo Colo saiu aos 42. Depois de levantamento para a área, Weverton espalmou e jogou nos pés de Barroso, que chutou muito mal e desperdiçou na pequena área.

Na segunda etapa, os chilenos voltaram em cima e por pouco não empataram logo no início. Paredes invadiu a área, caiu e ficou pedindo pênalti. Enquanto isso, a bola escapou e sobrou para Carmona, que soltou uma bomba de fora da área, tirando tinta da trave palestrina.

A pressão seguiu: aos 8, Valdivia arriscou de fora da área, a bola desviou em Mayke e quase enganou Weverton, que mostrou agilidade e conseguiu defender.

O “Mago” ainda reclamou que a bola havia batido no braço do lateral palmeirense, e o árbitro Andrés Cunha usou o VAR para revisar, mas nada marcou.

Sendo extremamente pressionado, Felipão resolveu mexer: tirou Borja e colocou o volante Jean, apostando na força de marcação e nas puxadas de contra-ataque dos sumidos Willian e Dudu.

Mas o Colo Colo seguiu atacando sem parar, e teve outra oportunidade de ouro aos 24: após cobrança de falta na área, Barrios cabeceou forte e a bola passou triscando a trave de Weverton, que já estava batido no lance.

O Palmeiras buscava um contra-ataque para matar o jogo, e ele veio aos 32: Willian arrancou pela esquerda, cortou para o centro e chutou. Orión fez milagre e ainda conseguiu defender, mas Dudu aproveitou o rebote para fechar a conta em Santiago.

Satisfeito, o Verdão depois só tocou a bola e esperou o apito final.

ESPN