X

Notícias

Papa Francisco abençoa fiéis no centro histórico de Lima

Geral, Notícias
-
21/01/2018 16:43

Pontífice apareceu em uma varanda do segundo andar para dar a bênção às centenas de pessoas que o esperavam no local

Papa Francisco cumprimenta freitas ao chegar ao Santuário do Senhor dos Milares em Lima, neste domingo (21) (Foto: Vincenzo Pinto/AFP)
Legenda da foto

O papa Francisco partiu neste domingo 21, da residência da Nunciatura Apostólica para a igreja de Las Nazarenas, no centro histórico de Lima e sede do Santuário do Senhor Jesus dos Milagres, onde deu início às atividades do último dia de sua visita ao Peru.

Antes de deixar a residência da Nunciatura Apostólica, no distrito de Jesús María, o papa apareceu em uma varanda do segundo andar para dar a bênção às centenas de pessoas que o esperavam no local.

O pontífice resumiu suas atividades do dia e disse aos paroquianos que “tomara que possam ir” à missa que realizará na base aérea Las Palmas, no distrito de Sulco, que encerrará suas atividades no país.

Depois, Francisco rezou uma Ave Maria junto aos paroquianos e deu a bênção para posteriormente pedi-los que rezem por ele.

Ao deixar a sede da representação do Vaticano, Francisco cumprimentou e abençoou doentes e idosos, e entrou no papamóvel para iniciar um percurso pelas ruas de Lima.

No santuário, o papa participa da oração da hora meia, junto a 500 religiosas de vida contemplativa, e pronunciará uma homilia.

Depois se transferirá à Catedral, na praça das Armas de Lima, para um momento de oração perante os restos dos mártires peruanos perante a presença de 2,5 mil membros da Igreja peruana, onde não deve oferecer discursos.

Francisco se reunirá depois com os 47 bispos peruanos no Palácio Arquiepiscopal, situado de um lado da Catedral, perante os quais pronunciará um discurso e aparecerá na varanda do edifício para rezar o Ángelus perante milhares de jovens congregados para escutá-lo.

O ato final de sua visita oficial e apostólica ao Peru será a missa na base aérea Las Palmas perante uma multidão de paroquianos, após a qual se despedirá do presidente peruano, Pedro Pablo Kuczynski, no aeroporto de Lima, de onde partirá seu voo para Roma.

G1