X

Notícias

Policiais vão às ruas de cidades do Paraná para prender pessoas com tornozeleiras eletrônicas

Notícias
-
29/06/2017 15:14

Há 27 mandados de prisão, de acordo com a Sesp; Curitiba é um dos municípios onde a Operação GPS III foi deflagrada

Operação GPS III foi deflagrada nesta quinta-feira (29) em Curitiba e outras cidades do Paraná (Foto: Divulgação/Sesp)
Legenda da foto

Policiais civis e militares estão nas ruas de várias cidades do Paraná, na manhã desta quinta-feira ,29, para prender pessoas monitoradas por tornozeleira eletrônica. De acordo com a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Administração Penitenciária (Sesp), há 27 mandados de prisão.

A Sesp informou que, até as 13h, 25 pessoas tinham sido presas e duas eram consideradas foragidas. Cerca de 100 policiais participam da ação.

As cidades onde a Operação GPS III foi deflagrada são Curitiba; municípios da Região Metropolitana da capital paranaense e do litoral; Londrina, no norte; Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais; Enéas Marques e Itapejara d’Oeste, ambas no suodeste; e Alto Paraíso, que fica no noroeste.

Alvo

Pessoas que, por decisão da Justiça, progrediram do regime fechado pelo monitoramento eletrônico por meio da tornozeleira são alvo da operação, segundo a Sesp. A maioria delas responde por roubo.

Um dos casos, ainda conforme a Sesp, trata-se de uma mulher que responde pelo crime de sequestro. Ela colocou a tornozeleira no dia 31 de março de 2017 e deixou o equipamento sem bateria por 41 vezes.

O descarregamento da bateria da tornozeleira eletrônica foi a principal violação detectada pelos agentes penitenciários, de acordo com a Sesp. A infração é considerada grave e pode ser revogada pelo Judiciário.

G1/Fronteira Online