X

Notícias

Prefeito de Governador Celso Ramos presta depoimento sobre droga achada em carro dentro de casa

Geral, Notícias
-
23/01/2018 13:57

Bope encontrou dezenas de tabletes maconha em uma propriedade do prefeito, que fica em São José

Bope diz que droga apreendia estava em casa que seria do prefeito de Gov. Celso Ramos (Foto: Bope/Divulgação)
Legenda da foto

O prefeito de Governador Celso Ramos, Juliano Campos (PSD), prestou depoimento à Polícia Civil na tarde de segunda-feira 22, sobre a apreensão de drogas que ocorreu em uma residência de alto padrão, que ele é proprietário. Campos afirmou que não reside no local e que a droga foi encontrada em um veículo, que não é dele. A Polícia Civil investiga a quem pertenceria a droga.

O depoimento ocorreu na 1ª Delegacia de Polícia de São José. Foram dezenas de tabletes da droga achados pelo Batalhão de Operações Especiais (Bope) no dia 31 de dezembro em São José, na Grande Florianópolis.

“Os 50 quilos de maconha estavam dentro de um Uno, que estava dentro da casa do prefeito de Governador Celso Ramos. Quem estava em posse do carro era o filho do secretário de Segurança Pública, mas no momento da apreensão da droga não havia ninguém em casa, e não foi preso ninguém”, explicou o delegado que investiga o caso, Manoel Teixeira.

O delegado não informou se o secretário e o filho dele foram ouvidos. Teixeira também não explicou detalhes sobre os esclarecimentos e de como o Bope obteve informações sobre a localização da droga no imóvel.

Na página oficial do prefeito em uma rede social, Campos fala sobre a “suposta droga encontrada na residência”. Ele diz que comprou a casa em setembro de 2017, mas que nunca morou no local.

“Após arrombamento em setembro, o filho do então secretário Januário morava na casa. No dia 31 recebi uma ligação do Bope pedindo autorização para entrar na casa. Imediatamente autorizei. Pedi para que o secretário acompanhasse a averiguação e lá constataram um carro dentro da residência que não pertence a minha pessoa”, disse.

O prefeito disse ainda que está fornecendo todas as informações necessárias à polícia. “Jamais tive ou tenho envolvimento com qualquer tipo de drogas. Que as pessoas envolvidas sejam punidas. E politicamente falando, quem tentou denegrir nossa imagem, buscaremos na Justiça tudo que é necessário para prova nossa idoneidade”, afirmou após prestar depoimento.

G1