X

Notícias

PSG administra euforia após melhor início da história da Liga dos Campeões

Esportes, Internacional
-
19/10/2017 14:13

Paris tem também o ataque mais positivo da Europa, com média de 3,3 gols por jogo. Daniel Alves e Marquinhos citam "caminho correto", mas dizem que time ainda precisa melhorar muitas coisas

Liderado pelo supertrio Mbappé-Neymar-Cavani, PSG já marcou 43 gols em 13 jogos (Foto: JOHN THYS / AFP)
Legenda da foto

A goleada de 4 a 0 sobre o Anderlecht nessa quarta-feira levou o Paris Saint-Germain a uma importante conquista em termos de estatísticas. O time tem o melhor início de campanha em toda a história da Liga dos Campeões, usando como base as três primeiras rodadas da fase de grupos. Antes, os franceses já haviam feito 5 a 0 no Celtic e 3 a 0 no Bayern de Munique. Ou seja, em três partidas, foram 9 pontos, 12 gols a favor e nenhum contra. Um recorde absoluto, que deixou a equipe já com um pé nas oitavas de final.

As chegadas de Neymar, Mbappé e Daniel Alves foram muito importantes para o PSG, que ganhou muita qualidade e passou a ser bem mais respeitado pelos adversários. Não é exagero nenhum dizer que, hoje, a equipe é uma das sérias candidatas ao título da Champions, que para o clube ainda é algo inédito.

No Campeonato Francês o cenário também é bem favorável. Foram oito vitórias e um empate, e o PSG é líder com folga de seis pontos para o Monaco, segundo colocado. E vale lembrar ainda o título da Supercopa da França, conquistado após vitória por 2 a 1 em jogo único contra o mesmo Monaco.

Ao todo, portanto, o Paris disputou 13 partidas, venceu 12 e empatou uma. Marcou incríveis 43 gols, o que o faz dono do ataque mais positivo da Europa, com média de 3,3 gols por jogo – e sofreu apenas sete (média de 0,53). O vice-líder nesse quesito é o Manchester City, com 39 gols em 12 partidas (média de 3,25).

Os jogadores estão cientes da euforia que os bons resultados têm gerado, mas tentam administrá-la da melhor forma possível. O cuidado com as palavras é levado a sério, como mostrou o experiente Daniel Alves.

– A gente está no processo, precisa melhorar coisas. É evidente. Uma equipe sempre tem que melhorar coisas para tentar atingir os objetivos. A gente está no caminho correto, melhorando com o passar do tempo. Mas acredito que nossa ambição é maior do que qualquer dificuldade que possamos ter. E temos que seguir nesse caminho, não há outro. Tem que seguir somando vitórias e cada vez mais aumentando nossas expectativas – analisou o lateral-direito.

O zagueiro Marquinhos, que tem 23 anos e já está em sua quinta temporada pelo PSG, opinou sobre essa mudança de patamar pela qual está passando o clube.

– Estou aqui há alguns anos, vejo a melhora do Paris Saint-Germain. Foi um projeto em que a gente sempre acreditou, então estamos em um processo muito bom. Temos que responder dentro de campo, essa é sempre a melhor resposta. Então a gente tem muita coisa para aprender, para desenvolver no nosso time, mas a resposta vem sendo bem dada dentro de campo – disse o camisa 5.

O poderoso PSG de Neymar e cia. volta a campo no domingo para o clássico com o Olympique de Marselha, às 17h (horário de Brasília) – o SporTV transmite, e o GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real. Na Champions, o próximo desafio é novamente o Anderlecht, desta vez no Parc des Princes. O duelo está marcado para o dia 31, daqui a duas semanas.

GE