X

Notícias

Sem acordo com o Cruzeiro, Grolli não irá renovar e está livre no mercado

Esportes, Nacional
-
05/01/2018 09:29

Com vínculo até o início de fevereiro, zagueiro era uma opção na Chapecoense, mas clubes não chegaram a um consenso sobre liberação, o que interferiu em renovação

Douglas Grolli defendeu a Chapecoense em 2017 (Foto: Sirli Freitas/Chapecoense)
Legenda da foto

O zagueiro Douglas Grolli não chegou a um acordo com o Cruzeiro e não terá seu contrato renovado. O defensor de 28 anos fica livre no mercado a partir do dia 11 de fevereiro, quando seu vínculo com os mineiros se encerra. O defensor teve proposta da Romênia, mas recusou.

Após boa temporada na Chape, o desejo do zagueiro em 2018 era voltar a defender o Verdão, onde foi formado nas categorias de base e possui dois títulos estaduais. Porém, os clubes não chegaram a um consenso sobre a liberação. Este foi um dos motivos que pesaram na falta de um acordo entre o defensor e o Cruzeiro.

A intenção do Verdão era assinar um contrato de dois anos com o zagueiro. Por outro lado, o Cruzeiro queria exercer seu direito de renovação de contrato e emprestar o jogador ao futebol romeno, de onde recebeu proposta do CFR Cluj. O atleta não aceitou a a transferência.

Os catarinenses já possuem um nome para a reposição na zaga. Rafael Thyere, do Grêmio, irá vestir a camisa da Chape nesta temporada. Além dele, Douglas Bacelar, Luiz Otávio e Fabrício Bruno, também do Cruzeiro, são as opções de Gilson Kleina para o estadual e Libertadores.

No entanto, o clube deve perder Douglas Bacelar em maio. O defensor pertence ao São Paulo e a Chape buscará uma renovação de empréstimo até o fim de 2018. Em caso negativo, o Verdão espera que Neto esteja apto a jogar regularmente pelos catarinenses.

No meio de 2017, Grolli recebeu ofertas de clubes italianos, país onde possui cidadania e seria vinculado como atleta local, sem queimar a cota de jogadores estrangeiros, regra da Série A do país. Na ocasião, ele chegou a almoçar com um dirigente italiano, mas não concluiu a negociação. Livre para assinar um pré-contrato com outra equipe, o zagueiro precisará aguardar até o dia 11 de fevereiro para se transferir, ou conseguir uma liberação antecipada do Cruzeiro.

GE