X

Notícias

Sexta segue instável, mas o tempo muda no fim de semana

Natureza, Notícias
-
26/10/2018 10:33

Pela manhã a chuva ocorre de forma mal distribuída, com as nuvens ganhando força no decorrer do dia e entre a tarde e a noite a chuva aparece em boa parte de Santa Catarina

Foto: Arquivo Fronteira Online
Legenda da foto

A sexta-feira (26) é mais um dia de tempo fechado e com chuva ao longo do dia. Pela manhã a chuva ocorre de forma mal distribuída, com as nuvens ganhando força no decorrer do dia e entre a tarde e a noite a chuva aparece em boa parte de Santa Catarina.

Cidades da região Norte, sobretudo proximidade de Joinville, precisam ficar atentos com a chuva. Só nesse mês a cidade já soma 351 mm, valor que corresponde a mais do que o dobro da média pra todo o mês de outubro. Isso pode trazer problemas como alagamentos e deslizamentos de massa.

O tempo instável também impede que as temperaturas subam, e vamos ter mais um dia ameno em boa parte das cidades, com máximas entre 20 e 24°C:

O sábado ainda deve começar com as nuvens predominando e até com uma chuva em cidades do Litoral e áreas próximas. No entanto, gradativamente ao longo do sábado as nuvens diminuem permitindo boa presença do sol. Cidades do Litoral, Vale do Itajaí e Norte terão aquecimento à tarde, com máximas de até 28°C em cidades como Blumenau e Joinville.

No domingo, o sol não só aparece como chega a predominar em muitas cidades. A umidade do mar faz com que o Sul, Vale do Itajaí, Litoral e o Norte possam ter momentos de chuva fraca.

MONITORAMENTO CICLONE

Por conta da formação de um ciclone em alto mar na altura do Sul do Brasil, são esperados ventos de 50 a 80 km/h, sendo que em poucas áreas podemos ter rajadas maiores. Os ventos devem ocorrer no período entre o meio dia de sábado e a manhã do domingo. Condição válida para as regiões Sul, Litoral, Serra e Vale do Itajaí. A partir da tarde de domingo, o vento deve diminuir.

Outra informações importante é que não se aconselha navegação durante o fim semana, devido a ventos mais fortes em alto mar e ondas grandes que próximo da costa podem alcançar 2 a 3 metros.

DC