X

Notícias

Titular, Borja vira protagonista no Palmeiras e ganha elogios de Valentim

Esportes, Nacional
-
31/10/2017 15:00

Colombiano aproveita sequência e se destaca mais uma vez no ataque do Verdão

Borja marcou duas vezes contra o Cruzeiro e foi fundamental para o resultado (Foto: Estadão Conteúdo)
Legenda da foto

Depois de alguns altos e baixos, Miguel Borja parece começar a embalar no comando do ataque do Palmeiras. De volta ao time titular por causa da lesão de Willian, o colombiano aproveitou a sequência e transformou suas atuações de destaque em rotina nas últimas rodadas do Brasileirão.

Com Alberto Valentim no comando, o camisa 9 entrou em campo nas quatro partidas e fez três gols. Na segunda-feira, além de marcar duas vezes no empate em 2 a 2 com o Cruzeiro, na arena, o atacante ajudou na marcação e ainda teve outro gol anulado em lance polêmico após disputa com Manoel.

Mais efetivo no sistema ofensivo do Verdão, Borja vem ganhando espaço com a nova comissão técnica. Os gols voltaram a aparecer – bem ao seu estilo de centroavante de área –, e o atleta também passou a preencher espaços na marcação. Tal evolução é destacada por Valentim.

– Ele tem se dedicado muito para o que temos de ideia para ele. Eu falei em outra oportunidade, obedecer bem as características dele em relação à velocidade, a receber bola em diagonais, ele vir e ganhar a primeira bola, ora fazer o pivô e ora jogar em um espaço vazio… Ele está fazendo muito bem. Não só ele, todo o time precisa melhorar, mas ele deu um salto naquilo que não conseguia fazer um tempo atrás – explicou o treinador palmeirense.

De acordo com Valentim, não é apenas a comissão técnica responsável pela evolução de Borja no Palmeiras nas últimas semanas. Os jogadores também têm ajudado e entendido uma melhor maneira de o time render com o colombiano em campo.

– Quando eu monto uma equipe do jeito que gosto e obedecendo os conceitos de que eu gosto, preciso analisar muito bem a característica de cada um. E o Miguel temos de criar situações para que ele faça o que tem de melhor. Às vezes, ele vem fazer o pivô, tudo bem, mas precisa desse espaço também para fazer o gol e se sentir perto da área, que é onde ele vai fazer mal ao adversário. Na fase defensiva, ele tem ajudado muito bem. Em um gol que nós perdemos, foi ele que recuperou a bola em cima do Manoel – afirmou o treinador.

NÚMEROS DE BORJA CONTRA A RAPOSA

Tempo com a bola02:12
Finalizações4
Cabeçadas1
Roubadas de bola1
Passes certos7
Passes errados5
Faltas cometidas2
Faltas recebidas1

– Está crescendo muito, se dedicando muito, tenho conversado muito com ele. Primeiro, em relação a comportamento de dinâmica, de estar sempre atento para jogar e para uma bola que pode chegar, E também sobre a parte tática. Os jogadores estão ajudando muito, compraram essa ideia para fazer com que a cada dia ele cresça mais – completou Valentim.

Titular na ausência de Willian, Borja deve ganhar concorrência do artilheiro do Verdão em 2017 muito em breve. Isso porque o atacante, que sofreu um edema na coxa direita, pode voltar ao time palmeirense na próxima semana.

Antes da lesão, Willian vinha sendo escalado por Valentim como referência do ataque, com Dudu e Keno pelas pontas – quando Borja foi suplente, mas entrou nas partidas contra Atlético-GO e Ponte Preta. O colombiano, que tem 10 gols em 40 jogos pelo Verdão, foi titular contra Grêmio, Cruzeiro e deve seguir no time diante do Corinthians.

GE