X

Notícias

Brasileiros suspeitos de envolvimento em mega-assalto são expulsos do Paraguai

Notícias
-
31/08/2017 17:34

Ao todo, seis brasileiros foram presos por estarem ilegalmente no país vizinho; quatro são fugitivos da Justiça e são suspeitos de envolvimento no mega-assalto a transportadora de valores em Ciudad del Este, segundo a polícia paraguaia

Destruição causada por explosões durante roubo a transportadora de valores em Ciudad del Este, no Paraguai (Foto: Francisco Espinola/Reuters)
Legenda da foto

Ao todo, seis brasileiros foram presos por estarem ilegalmente no país vizinho; quatro são fugitivos da Justiça e são suspeitos de envolvimento no mega-assalto a transportadora de valores em Ciudad del Este, segundo a polícia paraguaia.

Policiais federais e militares reforçaram a segurança na Ponte da Amizade, na fronteira entre Brasil e Paraguai, nesta quinta-feira, 31, porque mais seis brasileiros – quatro homens e duas mulheres – que foram presos estão sendo expulsos do país vizinho.

De acordo com a polícia paraguaia, o grupo estava ilegalmente no Paraguai. Os homens ainda são suspeitos de participarem do mega-assalto a uma transportadora de valores em Ciudad del Este em abril deste ano e têm mandado de prisão em aberto no Brasil.

A polícia afirmou ainda que os homens são foragidos da Penitenciária de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba. Os suspeitos foram levados para a Superintendência da Polícia Federal em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná.

Não há mandado de prisão contra as mulheres, contudo, elas deverão prestar esclarecimentos na Polícia Federal.

No dia 11 de agosto deste ano, outros seis brasileiros também foram expulsos do Paraguai. Da mesma forma, eles são suspeito de envolvimento no mega-assalto realizado em abril deste ano.

Na ocasião, segundo a Polícia Nacional do Paraguai, eles usaram explosivos para arrombar o cofre da empresa, de onde levaram cerca de US$ 11,7 milhões, e trocaram tiros com vigilantes. A ação durou aproximadamente três horas.

G1