X

Notícias

Com brilho de D’Ale e Damião, Inter vence Paysandu e assume liderança da Série B

Esportes, Nacional
-
26/08/2017 11:15

D'Alessandro se destaca em noite de calor em Porto Alegre com todas as assistências na vitória colorada por 3 a 2, pela 22ª rodada

Leandro Damião marcou os dois gols do Inter (Foto: Ricardo Duarte/Internacional/Divulgação)
Legenda da foto

Vinte e um jogos após a estreia na Série B, o Inter retomou a liderança. Nesta sexta-feira, em noite de calor em pleno inverno gaúcho, o Colorado venceu o Paysandu por 3 a 2 no Beira-Rio, pela 22ª rodada da competição, e ultrapassou o América-MG na ponta da tabela. Leandro Damião, duas vezes, e Klaus, todos com assistências de D’Alessandro, marcaram para os donos da casa. Bergson e Welinton Júnior diminuíram.

O triunfo leva o Colorado aos 42 pontos e o recoloca na liderança da Série B. Antes, só havia assumido a ponta na primeira rodada. O Paysandu estaciona nos 27, mas não perde a 14ª posição. A competição terá uma pausa na semana que vem para as Eliminatórias da Copa do Mundo, e o Papão volta a jogar somente no dia 8, em casa, contra o América-MG, às 21h30. Por sua vez, os gaúchos vão a Caxias do Sul enfrentar o Juventude no dia 9, às 16h30.

No primeiro lance de perigo do jogo em Porto Alegre, o Inter já tratou de marcar. Aos 10 minutos, D’Alessandro fez um lançamento de trás do meio-campo. Leandro Damião correu às costas da zaga, dominou com precisão e ainda encobriu o goleiro Marcão na finalização. Golaço! Três minutos depois, quase o segundo. Sasha acionou Damião, que parou em Marcão, mas o camisa 9 apareceu para chutar no rebote. Fernando Lombardi salvou o Papão ao se atirar na bola.

Aos 21, Pottker entrou pela direita da área do Paysandu e tentou cruzar. A bola tomou o caminho do gol e tocou no travessão. Na primeira chegada do time paraense, veio o empate. Ayrton cobrou falta, Diego Ivo cabeceou, Danilo Fernandes bateu roupa e soltou a bola na frente de Bergson, que apenas empurrou para o gol. O atacante estava em posição duvidosa.

Mas os donos da casa conseguiram reagir no apagar das luzes do primeiro tempo. Edenílson cruzou da direita, Lombardi cortou de peixinho, mas deu nos pés de D’Alessandro. O argentino rolou para o meio da área, e Damião chutou de primeira, sem chances a Marcão.

Bergson não suportou as dores no tornozelo direito e teve de ser substituído por Magno no intervalo. Logo aos cinco minutos, o Inter teve a chance de fazer o terceiro. Em uma falha da zaga do Papão, Edenílson disparou em direção ao gol, mas deu um leve toque com o pé esquerdo na bola antes da finalização com o direito. Ela escapou, e Diego Ivo chegou junto, derrubando-o. O volante pediu pênalti, porém, o árbitro nada marcou.

Aos 19, Sasha chutou de longe, com perigo, para a defesa do goleiro. E aos 23 a força aérea colorada foi acionada mais uma vez. D’Alessandro, em sua terceira assistência da noite, cobrou escanteio da direita, e Klaus saltou mais alto para cabecear ao fundo do gol. Em cabeçada sobre Cláudio Winck aos 39, Welinton Júnior voltou a descontar para o Papão. Entretanto, não foi suficiente para arrancar um empate em Porto Alegre.

GE