X

Notícias

Depois de 111 dias, Grêmio usa folga para limpar cabeça do elenco pós-eliminação

Esportes, Nacional
-
26/08/2017 11:42

Grupo de jogadores e comissão técnica não trabalha no fim de semana. Último período de descanso foi em maio, antes de sequência positiva do Tricolor

Jogadores ganharam folga no fim de semana (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)
Legenda da foto

O discurso ainda no vestiário do Mineirão dava o tom: a eliminação na Copa do Brasil diante do Cruzeiro precisava ser rapidamente esquecida para o elenco não se afundar em lamentações antes da decisão pela Libertadores, contra o Botafogo. E os próximos dois dias de folga serão importantes para isso. A ideia é aproveitar o período e fazer o grupo descansar as pernas e diminuir o desgaste psicológico pela sequência de jogos decisivos.

Neste sábado, o grupo e a comissão técnica gremista encerram um período de 111 dias sem folga dupla. A última havia ocorrido nos dias 6 e 7 de maio, quando o Grêmio perdera para o Deportes Iquique, pela Libertadores, no Chile, e estava fora da final do Campeonato Gaúcho. Desde então, a rotina de jogos no Brasileirão e decisões fez parte do do calendário gremista. É verdade, também, que Renato optou por time reserva em algumas partidas, o que deu uma semana cheia e eventualmente alguma folga para os atletas em dias de partidas.

– É mais para a cabeça. Já estava planejado, como teríamos a brecha no calendário. Pessoal estava falando, tem mais de 100 dias que não temos uma folga, pela sequência quarta e domingo. É importante ir para casa, ficar com a família, aproveitar, para voltar na segunda-feira com as energias renovadas. O ano não terminou e temos muita coisa importante pela frente. E voltamos na segunda com a cabeça tranquila e pronta para poder trabalhar – disse o zagueiro Bressan após treino de sexta.

A folga será possível graças a uma brecha no calendário. O próximo compromisso do time titular gremista será só no dia 2 de setembro, em jogo transferido contra o Sport, pela 22ª rodada do Brasileirão. Antes, dia 30, há duelo com o Cruzeiro, no Mineirão, pela Primeira Liga. No entanto, o grupo que viajará para esta partida deve ser dos jovens da transição, sem nenhum integrante do elenco principal, salvo algum atleta que precise de ritmo de jogo.

O tempo para recuperação do elenco será semelhante ao que Renato teve no início do Campeonato Brasileiro, quando o Grêmio iniciou bem e passou a encantar com boas atuações. Naquela ocasião, houve 11 dias entre o jogo com o Iquique e a vitória sobre o Botafogo, na estreia do Brasileirão. Resta saber se terá resultado parecido. Já que, contra o mesmo Fogão, o Grêmio decide as quartas da Libertadores no dias 13 e 20 de setembro.

Os próximos dias do Grêmio

  • Sábado: folga
  • Domingo: folga
  • Segunda: treino às 9h
  • Terça: treino
  • Quarta: treino e jogo do time de transição pela Primeira Liga
  • Quinta: treino
  • Sexta: treino
  • Sábado: jogo contra o Sport, pelo Brasileirão

GE