X

Notícias

Ex-campeão da MotoGP Nicky Hayden morre após ser atropelado enquanto andava de bicicleta

Esportes, Internacional
-
22/05/2017 14:50

Americano não resistiu aos ferimentos depois de ficar 5 dias internado, na Itália.

Foto: Tommaso Torri/ANSA via AP
Legenda da foto

O ex-campeão de MotoGP Nicky Hayden morreu nesta segunda-feira ,22, aos 35 anos. Ele não resistiu aos ferimentos após ficar internado por 5 dias no hospital Bufalini, em Cesena, na Itália. O americano foi atropelado por um carro na quarta-feira passada enquanto fazia treinamento físico com bicicleta em Rimini.

Vencedor do título mundial de motovelocidade em 2006, Hayden competia atualmente no Mundial de Superbike pela equipe Red Bull Honda. Seu estado era considerado “extremamente crítico” e sofreu vários traumas pelo corpo, disse o hospital, inclusive, dano cerebral.

Felipe Massa manda apoio para a família

O piloto brasileiro de Fórmula 1, Felipe Massa, foi um dos primeiros a se solidarizar com a situação. “Meus pensamentos estão com a família. Muita força a sua família Nicky Hayden. Dia muito triste para o esporte”, disse Massa, em seu Twitter.

Hayden era conhecido como o “Kentucky Kid”

Nascido em 30 de julho de 1981, em Owesboro, Kentucky, Hayden começou desde cedo a andar de moto, com as primeiras experiências aos 3 anos de idade e começando a competir aos 5 anos. O garoto cresceu em uma família toda ligado ao motociclismo, principalmente, às provas de dirt track.

Aos 16 anos, ele começou a competir no campeonato americano de motovelocidade (AMA), mas sem deixar as provas de dirt track de lado. Em 1999, foi campeão na categoria 600 Supersport e foi para a Honda no ano 2000.

Em 2002, ele se tornou o piloto mais novo a ganhar o título do AMA Superbike, que foi o passo para ir a MotoGP. Sua primeira vitória na categoria veio em 2005, em Laguna Seca, e, no ano seguinte, se sagrou campeão mundial vencendo a disputa contra Valentino Rossi.

Hayden se mudou para a Ducati em 2009 onde voltou a ser parceiro de Rossi. Em 2016, ele se transferiu para o Mundial de Superbike, onde corria atualmente pela Red Bull Honda. O americano sempre foi conhecido pelo apelido de “Kentucky Kid”.

G1/Fronteira Online