X

Notícias

Fernando Alonso já faz primeiro teste com novo carro da McLaren na Espanha

Esportes, F1
-
23/02/2018 10:12

Bicampeão mundial leva novo modelo MCL33 à pista em Navarra e fala em finalmente voltar a brigar por pódios e vitórias com o motor Renault; espanhol não vence desde 2013

Por GloboEsporte.com, Navarra, Espanha
Legenda da foto

Logo depois de a McLaren divulgar as primeiras imagens do novo modelo MCL33, o bicampeão mundial Fernando Alonso levou o carro à pista pela primeira vez, no circuito de Navarra, na Espanha. Como prevê o regulamento, a equipe usou o teste de 100 quilômetros a que tem direito para filmagem, mas que na prática serve para a checagem dos componentes. A equipe divulgou um vídeo do momento em que Alonso deixava os boxes.

Depois de três temporadas desastrosas devido aos problemas do motor Honda, a McLaren tem este ano as unidades de potência da Renault, e Alonso espera finalmente voltar a brigar por resultados competitivos.

– Não sei quem é o favorito ao título mas espero que a McLaren esteja nessa luta. Nosso objetivo é lutar por pódios e vitórias. Agora temos de otimizar esse pacote, teremos um longo trabalho neste inverno. Com o motor Renault, tivemos de fazer muitas mudanças, fazer alguns ajustes na parte traseira e, a partir disso, vamos testar para ver o quão rápidos podemos ser – disse Alonso, que não vence uma corrida sequer desde o GP da Espanha de 2013, quando ainda corria pela Ferrari.

Alonso também elogiou a nova pintura laranja-papaia, que remete aos primeiros anos da equipe fundada por Bruce McLaren nos anos 1960. O layout foi um pedido dos fãs da equipe nas redes sociais, depois que em 2017 a McLaren correu com um laranja mais forte.

– O carro tem um aspecto muito bom e está bem pensado, creio que as novas cores são fantásticas e temos escutado para recuperar nosso passado – comentou.

Se Alonso vem sofrendo com a falta de bons resultados desde a volta à McLaren, a equipe não sabe o que é brigar pelos primeiros lugares há mais tempo. O time não vai ao pódio desde o GP da Austrália de 2014 e não vence desde o GP do Brasil de 2012, com o inglês Jenson Button.

GE