X

Notícias

“Gaivotinha” é preso mais uma vez, Santo Antônio do Sudoeste

Notícias, Policial
-
06/09/2017 20:55

Ele foi preso nesta quarta-feira após ter praticado dois furtos durante a madrugada

Foto: Divulgação PC
Legenda da foto

Lucas Alexandre dos Santos, mais conhecido como Gaivotinha, foi preso mais uma vez nesta quarta-feira, 06, após furtar uma residência.

Segundo as informações, a vítima procurou a Polícia Militar de Santo Antônio informando que durante a madrugada ouviu um barulho em sua residência e saiu para averiguar, momento em que encontrou o autor subtraindo algumas latas de tintas.
Ainda de acordo com a vítima, ele teria tentado persegui-lo, porém Gaivotinha fugiu pulando o muro da residência.

De posse dessas informações a equipe PM iniciou as buscas, logrando a abordagem no momento em que o suspeito estava retornando da Argentina.

Foram ainda realizadas buscas na residência, onde encontraram parte dos produtos furtados da residência – 2 galões de tinta – que foram reconhecidos pela vítima.

Diante dos fatos o criminoso foi autuado em flagrante pelo crime furto, sendo durante a lavratura do flagrante constatou-se que havia em desfavor do autor um mandado de prisão expedido pelo juízo da comarca de Santo Antônio do Sudoeste.

A polícia recebeu ainda, a informação de que durante a madrugada Gaivotinha, teria feito outra vítima, porém os objetos furtados não foram encontrados.
Segundo o delegado Emerson Ferreira “Considerando que a legislação não permite a publicação de fotos de criminosos, exceto quando seja necessário para elucidar crimes, neste caso específico a foto do mesmo será divulgada”.
Ainda de acordo com o delegado, haja vista que muitas outras pessoas foram vítimas do mesmo meliante e até o presente momento não compareceram à Delegacia para prestar esclarecimentos, dessa maneira, caso alguém reconheça o autuado, é de suma importância o comparecimento para os precedimentos legais e apuração dos fatos.

Além dos dois crimes praticados nesta data o autor rotineiramente furta residências na cidade e na Delegacia tem vários outros objetos que foram encontrados na posse do autor, mas que até o presente momento não sabemos a quem pertence. Vítimas deverão comparecer à Delegacia, para reaver seus objetos.

Fronteira Online