X

Notícias

Hernane chega ao Grêmio para ser o “pezinho” que falta na área e pensa grande

Esportes, Nacional
-
23/02/2018 08:50

Apresentado, centroavante diz que faltou presença na área na disputa da Recopa e diz que espera cobrança

Hernane Brocador vestiu a camisa do Grêmio (Foto: Eduardo Moura)
Legenda da foto

Hernane Brocador vestiu a camisa do Grêmio pela primeira vez na tarde desta quinta-feira, no dia seguinte à conquista da Recopa Sul-Americana. A conquista deu o parâmetro para a cobrança que está por vir. Mas nada que assuste o centravante. Por sinal, o candidato a “fazedor de gols”, após analisar os jogos gremistas, viu que está faltando “um pezinho” dentro da área para balançar as redes. E pretende preencher essa vaga.Ao lado do diretor executivo André Zanotta, o Brocador foi apresentado oficialmente e elogiou muito a recepção dada pelos jogadores do Tricolor e o ambiente do vestiário. Já regularizado no Boletim Informativo Diário da CBF, o centroavante deve fazer sua estreia no sábado, contra o Novo Hamburgo, pelo Gauchão, já com a intenção de balançar as redes.

– Espero que comece o mais rápido possível, é uma equipe muito bem treinada. Trabalha bastante a posse de bola. No jogo foi visível que passam muitas bolas na frente do gol, ficou faltando um pezinho para colocar a bola na rede. Espero poder ajudar, estou 100% focado, sei como o Renato gosta que a equipe dele jogue. Espero me adaptar o mais rápido possível, entrosamento, para poder estar bem compactado com o grupo e estar 100% para poder ajudar – disse o centroavante.

Apesar da busca ainda por um centroavante (André, do Sport, segue na mira), Hernane chega com a responsabilidade de ser o jogador decisivo que falta no ataque gremista. Desde a saída de Barrios, apenas Jael faz a função, mas permaneceu como opção no banco nos jogos da Recopa – no empate com o Independiente, acertou o travessão e quase marcou.

– Um clube que foi campeão ontem, é o último campeão da América, em cada competição vai ser cobrado cada vez mais. Encaro como um desafio não só para mim, para todos, estar jogando em uma equipe que tem que buscar sempre títulos. Todo jogador pensa a mesma coisa, não vai pensar diferente. Sabendo que estamos em uma grande equipe, tem que disputar títulos grandes. O último campeão da América, campeão da Recopa ontem, vai ser cobrado no Gaúcho, na Libertadores, no Brasileiro. Isso tem que estar memorizado para o jogador. Chegar em equipe como o Grêmio tem que sempre pensar em coisas grandes – completou Hernane.

GE