X

Notícias

Intensidade e paciência: como o Corinthians tenta vaga contra o Racing

Esportes, Nacional
-
20/09/2017 08:47

Com jogadores mais desgastados no banco, Carille espera repetição de padrão em duelo decisivo da Sul-Americana. Vitória simples garante a classificação

Camacho será uma das novidades entre os titulares do Timão (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)
Legenda da foto

Intensidade e paciência são duas palavras que, num primeiro momento, podem parecer quase opostas. São elas, porém, as premissas do técnico Fábio Carille para o Corinthians tentar vencer o Racing nesta quarta-feira, às 21h45 (horário de Brasília), pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana, e se classificar à próxima fase.

Com o empate por 1 a 1 no jogo de ida, em São Paulo, o Timão precisa de pelo menos um gol para avançar. Igualdade sem gols dá a vaga ao Racing. Ao Corinthians, servem a vitória, claro, e empates por mais de dois gols. Novo 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis.

A intensidade estará logo na escalação. Como Rodriguinho e Maycon são dois dos jogadores mais desgastados do elenco, Marquinhos Gabriel e Camacho entram justamente para manter o alto nível de concentração. A marcação será forte, como sempre.

A paciência estará com a bola. Com 90 minutos para fazer um único gol, a ideia é não se desesperar. Evitar o filme do jogo de ida, quando o Timão amassou o rival no primeiro tempo e deixou de jogar no segundo, será um bom começo. Carille também espera um Racing propondo o duelo, mesmo em vantagem para se classificar.

– Acredito que o Racing não vai ficar lá atrás, com casa cheia, por ser o Racing. A própria torcida vai empurrar e vai fazer com que eles venham para cima de nós. Nossa postura será a mesma, apesar de não começarmos com a vantagem. Temos de fazer um jogo inteligente e ficar com a bola no pé – explicou o técnico.

A formação de meio-campo ficou com Romero e Marquinhos Gabriel pelas pontas, com Jadson centralizado. A Marquinhos, que voltou recentemente de um processo de fortalecimento muscular, cabe uma tarefa árdua. Atacar com intensidade e ajudar Marciel na marcação. O garoto substitui Guilherme Arana mais uma vez na lateral esquerda.

Marquinhos ainda não está apto para jogar 90 minutos, o que torna muito provável a entrada de Rodriguinho no segundo tempo. Com o titular descansado, o Corinthians também vai tentar encontrar mais espaços na defesa do Racing.

Local: El Cilindro, em Avellaneda, na Argentina
Data e horário: quarta-feira, às 21h45 (de Brasília)
Escalação: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Marciel; Gabriel e Camacho; Romero, Jadson e Marquinhos Gabriel; Jô
Desfalques: Clayson (disputou a Sul-Americana pela Ponte Preta), Arana (poupada), Pedrinho (transição física), Léo Santos (dores no púbis), Paulo Roberto (dores na coxa direita) e Danilo (lesão na panturrilha esquerda)
Pendurado: Fagner
Arbitragem: Leodan González, auxiliado por Mauricio Espinosa e Nicolas Taran (todos do Uruguai)
GE