X

Notícias

Inter vive imbróglio jurídico com rescisão do atacante Bruno Gomes

Esportes, Nacional
-
28/08/2017 10:12

Jogador busca liberação e quer encerrar contrato para retornar ao Estoril, de Portugal; Colorado deixa caso aos encargos do departamento jurídico

Bruno Gomes vibra com gol pelo Inter (Foto: Alexandre Lops/Internacional)
Legenda da foto

O Inter assumiu a liderança da Série B ao bater o Paysandu, nesta sexta-feira, no Beira-Rio, e convive com a calmaria na temporada. Mas há um imbróglio jurídico referente à situação contratual de Bruno Gomes que mobiliza os bastidores do clube. Sem ser utilizado pelo técnico Guto Ferreira, o jogador almeja deixar o Colorado para retornar ao Estoril, de Portugal, que defendeu ao longo da última temporada por empréstimo.

Algo que, de fato, ainda não ocorreu. Em entrevista após o triunfo por 3 a 2 sobre o Papão, o vice de futebol Roberto Melo afirma que o Inter não liberou o atleta e que o pedido de rescisão do jogador foi encaminhada ao departamento jurídico do clube. Em litígio, o Colorado não vê com bons olhos a liberação do atleta sem retorno financeiro.

– A gente não liberou ele, não está liberado. Não foi feita a rescisão. É uma questão que afeta o departamento jurídico, que pode se manifestar melhor sobre isso. É isso o que posso falar – limitou-se a dizer Melo.

O centroavante retornou ao Inter do empréstimo de um ano ao clube português em julho deste ano. Na temporada em Portugal, Bruno Gomes atuou 29 vezes e anotou oito gols. O Estoril até tentou garantir sua permanência por mais tempo, mas não houve acerto para a compra de seus direitos.

Pelo Inter, Bruno teve boa passagem na equipe sub-20, pela qual foi campeão da Copa do Brasil da categoria, em 2014. No time profissional, tem apenas uma partida, ainda no ano passado. Seu vínculo vai até 2018.

GE