X

Notícias

Jovem que assassinou doméstica diz que já havia sido incomodada pela mesma

Notícias, Sem categoria
-
16/12/2017 09:59

Suspeita de matar doméstica em ônibus diz que conhecia vítima

Foto: Ilustração
Legenda da foto

Jovem alegou que já havia sido incomodada pela doméstica antes

A jovem, de 21 anos, suspeita de matar uma doméstica, dentro de um ônibus em Belo Horizonte, assumiu o crime e revelou à polícia que já vinha tendo desentendimentos com a vítima.

Letícia Campos da Silva, de 21 anos, atingiu Valdete Lopes Queiroz, de 49 anos, com um caniteve, na região do peito, após ser acorda dentro do coletivo.

Letícia foi presa na tarde desta sexta-feira, 15, após se apresentar em uma delegacia. Ela era procurada desde a última segunda-feira, 11, quando aconteceu o crime.

A jovem revelou à polícia que já havia se encontrado com Valdete outras vezes no mesmo ônibus. Segundo ela, dessa vez, além de ser atormentada, ela foi acordada pela doméstica. Com medo de Valdete portar um punhal, ela teria atacado a mulher.

 

O delegado César Matoso destaca que, apesar da riqueza de detalhes da história, a versão de letícia não convenceu os investigadores.

Nessa quinta-feira, 15, foram divulgadas imagens do circuito de segurança da estação que mostram a suspeita . Com blusa de frio amarela e calça jeans, a jovem aparece na estação de ônibus Venda Nova e embarca em um dos coletivos. Testemunhas relataram que, dentro do ônibus, já no centro da cidade, a suspeita pediu para o motorista parar fora do ponto para que ela descesse. Quando ele abriu as portas, a mulher atingiu Valdete no peito e fugiu. Após cometer o crime, a jovem foi para o trabalho e agiu como se nada tivesse acontecido.

A Justiça já decretou a prisão temporária de Letícia, por 30 dias. Ela vai ser indiciada por homicídio duplamente qualificado por motivo fútil e por recurso que impossibilitou a defesa da vítima. A jovem, que é mãe de um menina de cinco anos, será levada para a penitenciária de São João de Bicas, na Grande BH.

Fonte: R7